LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

First of the Gang To Die

Morrissey

First of the Gang To Die

(Los Angeles, you are too hot)

You have never been in love
Until you've seen the stars
Reflect in the reservoirs

And you have never been in love
Until you have seen the dawn rise
Behind the Home for the Blind

We are the Pretty Petty Thieves
And you're standing on our streets
Where Hector was the
First of the gang with a gun in his hand
And the first to do time
The first of the gang to die
Oh my
Hector was the first of the gang
With a gun in his hand
And the first to do time
The first of the gang to die
Oh my

You have never been in love
Until you've seen the sunlight thrown
Over smashed human bone

We are the Pretty Petty Thieves
And you're standing on our streets
Where Hector was the
First of the gang with a gun in his hand
And the first to do time
The first of the gang to die
Such a silly boy
Hector was the first of the gang
With a gun in his hand
And the bullet in his gullet
The first Lost Lad to go
Under the sod

And he stole from the rich and the poor
And not very rich and the very poor
And he stole our hearts away
He stole our hearts away
He stole our hearts away
He stole our hearts away

O Primeiro da Gangue a Morrer

(Los Angeles, você é quente demais)

Você nunca esteve apaixonado
Até ver as estrelas
Refletidas nos reservatórios

E você nunca esteve apaixonado
Até que ver o amanhecer
Por trás do asilo de cegos

Nós somos os belos ladrõezinhos baratos
E você está nas nossas ruas
Onde Hector foi o
Primeiro da gangue a ter uma arma na mão
E o primeiro a cumprir pena
E o primeiro da gangue a morrer
Oh, Deus
Hector foi o primeiro da gangue
A ter uma arma na mão
E o primeiro a cumprir pena
E o primeiro da gangue a morrer
Oh Deus

Você nunca esteve apaixonado
Até ver a luz do sol atravessando
Sobre ossos humanos esmagados

Nós somos os belos ladrõezinhos baratos
E você está nas nossas ruas
Onde Hector foi o
Primeiro da gangue com uma arma na mão
E o primeiro a cumprir pena
E o primeiro da gangue a morrer
Que garoto bobo
Hector foi o primeiro da gangue
A ter uma arma na mão
E uma bala na garganta
E o primeiro rapaz perdido a ir
Para baixo da terra

E ele roubava dos ricos e dos pobres
E dos não muito ricos e dos muito pobres
E ele roubou nossos corações
Ele roubou nossos corações
Ele roubou nossos corações
Ele roubou nossos corações

Composição: Alain Whyte / Morrissey Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Fabrício e traduzida por Gabriella. Legendado por Andrea e Daniel. Revisões por 7 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog