Lá de Casa

Marcos Almeida

É lá de casa, essa força, essa raça
Pra tomar porrada e me levantar!
Quem vê a página, esse vídeo, essa cara
Pensa que é marra pra me anunciar!
Mas é lá de casa, toda doce palavra
A oração mais sagrada, amor pra me libertar

Por isso eu saio pra te amar, o amor não preciso procurar
Toda vez que eu vou pro mundo eu ouço Deus falar

Que é lá em casa, nessa rua, ou na praia
Doutro jeito, noutra quadra, onde dois plantarem a paz
Eis uma casa, que segura e prepara
Não tem vento que desaba, se aquela pedra lhe sustentar!
É lá de casa essa pele marcada
Todo verso que te acalma o som que vai te embalar

Por isso eu saio pra te amar, não precisa procurar
Toda vez que eu vejo o mundo eu ouço Deus falar

É de lá de casa que eu ganho a estrada
E corro o mundo inteiro, tento, tombo, ergo canto, luto
Vou e volto pra lá

Composição: Marcos Almeida
Enviada por Leila.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Marcos Almeida

Ver todas as músicas de Marcos Almeida