Casa

Marcos Almeida

Casa
Palavrantiga
Deus preferiu essa carne
Não quis os templos que eu posso construir
Com minhas mãos

Me fez casa
Eu sou morada
Lugar de Deus
Que não está lá fora
Mas sim mora dentro de mim

Abri a porta e Ele entrou em casa
Estou em obras
Essa morada um dia será perfeição!

Deus preferiu essa carne
Não quis os templos que eu posso construir
Com minhas mãos, não!

Me fez casa
Eu sou morada
Lugar de Deus
Que não está lá fora
Mas sim mora dentro de mim

A minha janela são estes olhos que brilham
Uma coisa ela mostra
Quem a ilumina é o meu Amado
Mudando as coisas de lugar
Dentro de mim, dentro de mim

Eu sou casa
lugar de Deus
Ele habita em mim

Lá fora é frio
Lá fora é medo
É alto de monte
Deserto, vazio

Morando em mim, Tu me aqueces
Me ensina a ser livre
Santo Espírito me enche de alegria

Composição: Marcos Almeida
Enviada por ASHBEL.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Marcos Almeida

Ver todas as músicas de Marcos Almeida