Apocalipse

Katarse

Pode ser uma urna, fogo ou uma cova rasa
Não importa como quando voltamos pra casa
O importante é que passou e nem foi tão bom
O ruim foi ruim e o bom estava fora de tom

A morte chega com o fim da piada
Da porra ao pó, do ventre ao nada
O que sempre desejou, agora já era mesmo
O que sempre guardou, agora se foi a esmo

O importante é que passou e nem foi tão ruim
O bom foi bom e o chato nem foi tanto assim
Acho que não vou partir agora, fim de papo, ponto
Mas quando chegar a minha hora certamente estarei pronto

O meu apocalipse chega após a falência generalizada


Posts relacionados

Ver mais no Blog