Sacrimony (Angel Of Afterlife)

Kamelot

Original Tradução Original e tradução
Sacrimony (Angel Of Afterlife)

A passing life each day a carving on the wall
It’s like a night without awakening
The truth is lost and maybe never to be found
Like the shadows of my pantomime

When all the world is gathered for the final feast
Will there be someone to believe in me?
The voices echoing in my distorted mind
Is this for real or just a dream?
(Am I losing my mind? I am not afraid, my dear)

Sing for me angel of afterlife calming me down
Chaos inside my nebula
And may the wrong turn to right in a celestial light
Forgive my sacrimony

Tell me what they say that I’m supposed to know
Tell me every little detail
Make truth appear for me as distant memories
Like pictures on a silver screen

It all becomes clear
The truth will appear
Forever I'm there for you and me

Sing for me angel of afterlife calming me down
Chaos inside my nebula
And may the wrong turn to right in a celestial light
Forgive my sacrimony

And now leave me alone
And erase my memory
Don’t wanna hear, don’t wanna see
Don’t wanna think about the lie that follows me

All becomes clear
But no one will hear my testimony

I am your angel of afterlife calming you down
Silence inside your nebula
And when the wrong turns to right in a celestial light
I’ll be your testimony

Sing for me angel of afterlife calming me down
Chaos inside my nebula
And may the wrong turn to right in a celestial light
Forgive my sacrimony

(Ring around a rosie
A pocketful of posies
Ashes, ashes
We all fall down)

Cerimônia de Sacrifício (Anjo da Pós-vida)

Uma vida passageira a cada dia uma gravura na parede
É como uma noite sem despertar
A verdade está perdida e talvez nunca será encontrada
Como as sombras da minha pantomima

Quando o mundo inteiro se reúne para o último festejo
Haverá alguém para acreditar em mim?
Vozes ecoam dentro da minha mente distorcida
Isto é real ou apenas um sonho?
(Estou perdendo a cabeça? Eu não tenho medo,minha querida)

Cante para mim anjo da pós-vida me acalmando
Caos dentro de minha nebulosa
E faça o errado ficar certo numa luz celestial
Perdoe minha cerimônia de sacrifício

Diga-me o que eles dizem que eu deveria saber
Conte cada pequeno detalhe
Faça a verdade aparecer para mim como memória distantes
Como retratos numa tela de prata

Tudo se torna claro
A verdade aparecerá
Para sempre eu estarei lá para você e eu

Cante para mim anjo da pós-vida me acalmando
Caos dentro de minha nebulosa
E faça o errado ficar certo numa luz celestial
Perdoe minha cerimônia de sacrifício

E agora me deixe sozinho
E apague as minhas memórias
Não quero escutar, não quero ver
Não quero pensar sobre as mentiras que me seguem

Tudo fica claro
Mas ninguém quer escutar meu testemunho

Eu sou seu anjo da pós-vida te acalmando
Silêncio dentro da sua nebulosa
E quando o errado se transformar em certo na luz celestial
Eu vou ser sua testemunha

Cante para mim anjo da pós-vida me acalmando
Caos dentro de minha nebulosa
E faça o errado ficar certo numa luz celestial
Perdoe minha cerimônia de sacrifício

(Roda ao redor de uma rosa
Um bolso cheio de flores
Cinzas, cinzas
Todos nós caímos)

Composição: Karevik / Palotai
Enviada por Wagner e traduzida por TheBard. Legendado por elis e TheBard. Revisões por 6 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia


Posts relacionados

Ver mais no Blog