Incomparável (part. Sandra Pires)

Eveny Braga

Eu não mudo
Não mudei, nem mudarei
Sou o mesmo que outrora te mostrei
Sou o mesmo Deus da criação
Que criei você vindo do pó
Ainda sou o mesmo Deus de Abraão, Isaque e Jacó

Sou aquele que chama as estrelas pelo nome
Que formei os firmamentos das geleiras e dos montes
Pus ferrolhos e portas no mar, fiz um caminho pra chuva molhar
Sei qualquer segredo que o homem tem sem ele me contar

Sou eterno e ninguém pode me matar, o universo diante de mim se esconde
Ninguém é semelhante como eu, incomparável é o meu nome

Incomparável, impossibilidades para mim não tem
O tempo para mim, é como vai e vem
Pois visito o passado, mesmo estando no presente e vejo também o futuro

Sei de tudo que ainda irá acontecer, eu conheço sua vida, conheço você
Se você não me conhece, deixa eu me apresentar pra você conhecer

Eu sou insondável
Inabalável
Inescrutável
Inevitável

Sou invencível
Sou infalível
Imprescindível
Eu sou incrível

Sou quem abato
Sou quem levanto
Sou quem trabalho
Sou eu quem mando

Sou imparável
Sou imutável
Sou poderoso
Eu sou o Deus incomparável

Incomparável, impossibilidades para mim não tem
O tempo para mim, é como vai e vem
Pois visito o passado, mesmo estando no presente e vejo também o futuro
Sei de tudo que ainda irá acontecer, eu conheço sua vida, conheço você
Se você não me conhece, deixa eu apresentar quem sou eu pra você

Sou sua cura
Sou providência
Sou teu renovo
Que te sustenta

Sou quem protejo
Sou quem te ajudo
Sou quem te vejo
Sou quem te escuto

Sou quem abato
Sou quem levanto
Sou quem trabalho
Sou eu quem mando

Sou imparável
Sou inefável
Sou poderoso (eu sou)
Eu sou o Deus incomparável

Composição: Cláudio Louvor
Enviada por Anderson.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Eveny Braga

Ver todas as músicas de Eveny Braga