Flamme à Lunettes

Dionysos

Original Tradução Original e tradução
Flamme à Lunettes

J'ai perdu mes lunettes
Enfin j'ai pas voulu les mettre
Elles me font une drôle de tête
Une tête de flamme à lunette

OH petite allumette
C'est dangereux d'être coquette
Au point de n'en faire qu'à sa tête
Quand ça peux vous coûtez les yeux

Je me fou
D'y voir flou
Je n'ai pas besoin de lunette
Pour embrasser et chanter
J'préfère garder les yeux fermés

Oh, mon petit incendie
Laissez-moi croquer vos habits
Les déchiqueter à belles dents
Les recracher en confettis
Pour vous embrassez sous une pluie

De confettis?

Oui, allons y

Je n'y vois que du feu
En quelques pas seulement
Je peux me perdre au loin
Si loin dans ma rue
Et même que je n'ose plus
Regarder le soleil
N'y regarder le ciel
Droit dans les yeux
Je n'y vois que du feu

Je vous guiderai
A l'extérieur de votre tête
Je serai votre paire de lunette
Vous seriez mon allumette

Il me faut vous faire un aveu
Je vous entends mais je n'pourrai
Jamais vous reconnaître
Même assis entre deux petits vieux

On se frottera
L'un contre l'être
A s'en faire cramer le squelette
Et à l'horloge de mon cœur
A minuit pile on prendra feu
Pas même besoin d'ouvrir les yeux

Je sais je suis une flamme de tête
Mais quand la musique s'arrête
J'ai du mal à rouvrir les yeux
Je m'enflamme allumette
Mes paupières brûlent de mille feux
A en écraser mes lunettes
Sans penser à rouvrir les yeux

Elle danse comme un oiseau
En équilibre
Sur ses petits talons aiguilles
Ses pieds commencent à s'emmêler
Son joli nez viens de s'écraser

Sur le pavé
Je me fracasse la tête
Contre les arbres dont les feuilles bleues
Semblent plantées dans les cieux
Ils sont ce que l'on confond le mieux
Avec les cieux
C'est merveilleux
Les arbres bleus

Je n'y vois que du feu
En quelques pas seulement
Je peux me perdre au loin
Si loin dans ma rue
Et même que je n'ose plus
Regarder le soleil
N'y regarder le ciel
Droit dans les yeux
Je n'y vois que du feu

Je n'y vois que du feu
En quelques pas seulement
Je peux me perdre au loin
Si loin dans ma rue
Et même que je n'ose plus
Regarder le soleil
N'y regarder le ciel
Droit dans les yeux
Je n'y vois que du feu

Chama de Óculos

Eu perdi os meus óculos
Quero dizer, eu não queria colocá-los
Eles parecem engraçados para mim
Uma cabeça de chamas com óculos

Oh pequeno fósforo
É perigoso ser charmosa
Ao ponto de fazer o que bem entender
Quando isso pode custar seus olhos

Eu não me importo
Com o quão borrado está
Eu não preciso de óculos
Para beijar e cantar
Eu prefiro ficar de olhos fechados

Oh, meu pequeno incêndio
Deixe-me morder em sua roupa
Desfiá-las com belos dentes
Cuspi-las como confetes
Para lhe beijar na chuva

De confete?

Sim, vamos lá

Eu não consigo ver nada além de fogo
Em apenas alguns passos
Eu posso me perder na distância
Até agora, na minha rua
E eu nem me atrevo
Olhando para o Sol
Não olhe para o céu
Bem nos olhos
Eu não consigo ver nada além de fogo

Eu vou guiar você
No exterior da sua cabeça
Eu vou ser seu par de óculos
Você seria meu par

Eu tenho uma confissão a fazer
Eu posso lhe ouvir, mas eu não posso
Nunca reconhecer você
Mesmo estando entre dois pequenos homens velhos

Esfregaremos para dentro
Um contra o outro
Queime o esqueleto até ficar crocante
E com o relógio do meu coração
À meia-noite em ponto, vamos pegar fogo
Você não precisa nem abrir os olhos

Eu sei que eu sou uma cabeça quente
Mas quando a música parar
Tenho dificuldade em abrir os olhos novamente
Eu acendo um fósforo
Minhas pálpebras estão queimando
Esmagando meus óculos
Sem pensar em voltar a abrir os olhos

Ela dança como um pássaro
Equilíbrio
Em seus pequenos saltos altos
Seus pés estão começando a ficar confusos
O seu lindo nariz simplesmente caiu

Na calçada
Eu esmago minha cabeça
Contra árvores com folhas azuis
Parece estar plantado nos céus
Eles são a coisa mais confusa que nós temos
Com os céus
É maravilhoso
Árvores azuis

Eu não consigo ver nada além de fogo
Em apenas alguns passos
Eu posso me perder na distância
Até agora, na minha rua
E eu nem me atrevo
Olhando para o Sol
Não olhe para o céu
Bem nos olhos
Eu não consigo ver nada além de fogo

Eu não consigo ver nada além de fogo
Em apenas alguns passos
Eu posso me perder na distância
Até agora, na minha rua
E eu nem me atrevo
Olhando para o Sol
Não olhe para o céu
Bem nos olhos
Eu não consigo ver nada além de fogo

Composição: Dionysos / Mathias Malzieu
Enviada por Leonardo e traduzida por Samuel. Legendado por Cas. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog