Original Tradução Original e tradução
Talvez

Se escurece el desierto
Cuando el cielo empieza a llorar
Y esa luna con miedo
Es el mar que no aguanta más

Y aquel niño que llora esperando porque
Que tú pretendes no mirar
Talvez no quieras pensar
No sé, talvez

Y gente que sufre, que implora, que ruega,
Que muere sin juizo o que vive sin fe
Y otros pizan o matan, destruyen o queman
En el nombre de Dios o en el nombre del bién

Me canse de esperar, me canse de escuchar
Y yo no creo que deba callar
Me duele en el alma y no quiero engañar
Yo soy solo el tipo que quiere cambiar, talvez...

Se escurece el desierto cuando el cielo empieza a llorar
Y esa luna con miedo, es el mar que no aguanta más
Y ya no pienses más que no existe el perdón
Que de nada sirve ya juzgar
Talvez, no quieras pensar
No sé, talvez

Talvez

Se escurece o deserto
Quando o céu começa a chorar
E a lua com medo
E o mar que não aguenta mais

E a criança que chora esperando um porque
E você finge não olhar
Talvez não queras pensar
Não sei, talvez

E pessoas que sofrem, que imploram, que rezam,
Que morem sem juízo ou vivem sem fé
E uns pisam ou matam, destroem ou queimão
Em nome de deus ou em nome do bem

Me cansei de esperar, me cansei de escutar
E eu não acredito que devo me calar
Dói minha alma e eu não vou enganar
E sou só um tipo que quer mudar, talvez...

Se escurece o deserto quando o céu começa a chorar
E a lua com medo,e o mar que não aguenta mais
E ja não pensa mais que não existe o perdão
Que ja nada serve julgar
Talvez não quero pensar
Eu não sei, talvez

Legendado por mariana. Revisões por 3 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Christopher Von Uckermann

Ver todas as músicas de Christopher Von Uckermann