Listas musicais

As 15 melhores músicas do Metallica

Por Érika Freire

11 de Agosto de 2020, às 19:00


Não é brincadeira falar de uma banda tão grandiosa e potente como o Metallica. A turma de James Hetfield, Lars Ulrich, Kirk Hammett e Robert Trujillo forma um dos maiores nomes do heavy metal e uma das bandas mais bem sucedidas da história do rock. 

Com quase 40 anos na estrada, o Metallica tem diversos hits memoráveis que jamais poderiam ser resumidos em uma lista, porque sempre fica a sensação de que falta algo.

Dizem por aí que toda lista é injusta, ainda mais uma com as melhores do Metallica, que tem 10 álbuns de estúdios e muitas preciosidades em cada um deles.

Tentamos selecionar algumas daquelas imperdíveis e que fazem mais sucesso entre os fãs. Bora ouvir metal? 

As melhores músicas do Metallica

Como toda banda, o Metallica tem álbuns excelentes e outros que não foram tão aclamados pelo público, como Load, Reload, St. Anger e Hardwired… to Self-Destruct

Mas a gente tentou reunir as melhores de toda a trajetória da banda. E tem muita, muita coisa boa! 

Fade To Black

Fade To Black é uma obra prima, navega entre a calmaria e a agressividade que o Metallica sabe dosar na medida certa. A versão ao vivo de Moscow, em 1991, é memorável! 

Os leitores da revista Guitar World elegeram Fade to Black como o 24º melhor solo de guitarra de todos os tempos.

Sad But True

O Metallica manja bem de fazer aquele barulho agradável, e Sad But True é bem isso. Presente no eterno e famoso Black Album, o quinto lançado pela banda, a canção é brutal, envolvente e presença obrigatória no setlist.

Spit Out The Bone

Alguns críticos apontaram Spit Out The Bone como a melhor música do 10º álbum da banda. O videoclipe, filmado em Matera, na Itália, mostra humanos se rebelando contra o sistema e o domínio de máquinas.

Welcome Home (Sanitarium)

A canção caberia muito bem como trilha sonora de filmes sobre a mente humana. Welcome Home (Sanitarium) aborda a loucura de estar sozinho, isolado e com a sensação de que o tempo não passa. 

Nothing Else Matters

Quem disse que banda de metal não faz balada? Nothing Else Matters é uma das músicas mais lindas e com a sonoridade mais cativante e gostosa de se ouvir.

Ela também faz parte do 5º álbum de estúdio da banda, chamado Metallica, mas que ficou conhecido como Black Album. Sem dúvida, a música mais popular da banda. 

For Whom The Bell Tolls

Música inspirada no livro do escritor americano Ernest Hemingway, For Whom The Bell Tolls foi composta por James Hetfield, Lars Ulrich e pelo primeiro baixista da banda, Cliff Burton, que morreu em acidente de ônibus durante uma turnê do Metallica. 

One

Uma das favoritas dos fãs, One foi inspirada no romance Johnny Vai à Guerra, de Dalton Trumbo. 

Uma verdadeira metralhadora sonora que engana quem a escuta, pois começa leve e vai se construindo em um incrível instrumental, deixando a brutalidade mais para o final.

Enter Sandman

Inspirada numa lenda do folclore europeu, Enter Sandman se tornou a música de ninar sombria da banda e fala sobre o personagem Sandman, que visita crianças durante o sono. 

Conheça a história completa da música Enter Sandman

Blackened

Música que abre o álbum …And Justice for All, trabalho que marca a entrada do baixista Jason Newsted no lugar de Cliff Burton. Não era um momento nada fácil para a banda, mas Blackened não decepciona, assim como todo o disco. 

O Metallica continuava mostrando sua força e talento. Recentemente, os integrantes fizeram uma versão quarentena e acústica de Blackened, com cada um tocando de sua casa:

Whiskey In The Jar

Canção festiva que embalou muita baladinha no final dos anos 90 e início de 2000, Whiskey In The Jar é uma velha canção muito famosa da tradição irlandesa, gravada por diversos músicos, e o Metallica apenas ajudou a tornar a música ainda mais popular em sua versão. 

Turn The Page

Turn The Page é de 1973 e foi lançada por Bob Seger. Sua versão original já era muito boa, mas o Metallica colocou sua marca e a tornou em um grande sucesso. 

O videoclipe mostra a batalha de uma mãe que cuida da filha sozinha e precisa ganhar dinheiro através da prostituição. A MTV censurou o clipe, na época, devido às cenas de nudez e violência. 

Wherever I May Roam

Comprovando que o Black Album é um grande clássico e um dos mais importantes da discografia, Wherever I May Roam faz parte dele.

A letra, escrita por James Hetfield e Lars Ulrich, compositores centrais da banda, fala sobre liberdade e sobre poder dizer o que pensa, não importa o lugar. 

The Unforgiven

The Unforgiven, conhecida como parte 1, é a preferida dos fãs entre as demais: The Unforgiven II e The Unforgiven III

A letra fala de um rapaz que luta com seus conflitos internos, sendo massacrado e privado de seus pensamentos; a canção é triste e ao mesmo tempo tem uma força, algo que impulsiona.

The Day That Never Comes

Quarta faixa do 9º trabalho da banda, Death Magnetic, The Day That Never, em alguns momentos, nos faz recordar de One. A música foi inspirada na relação de pai e filho e fala sobre ressentimento.

O clipe foi gravado no deserto nos arredores de Los Angeles, Califórnia.

Seek And Destroy

Uma espécie de hino dos fãs do Metallica, Seek And Destroy vem da origem da banda, onde tudo começou lá em 1980, com o lançamento do primeiro álbum, Kill ‘Em All

Aparece como sendo a terceira música mais tocada na trajetória do Metallica e em muitas apresentações é a escolhida para fechar o show. 

Confira as melhores frases de rock 

É bom demais ouvir aquele solo de guitarra que energiza, né? Mas a sua experiência com a música pode ser ainda melhor quando você lê trechos significativos.

Que tal conferir uma seleção com as melhores frases de rock e aproveitar para compartilhar? 

Frases de rock

Ainda com sede de rock? 

Receba os melhores posts do blog em seu e-mail

Assine a newsletter gratuitamente

Por favor, insira um e-mail válido.

Obrigado por assinar a nossa newsletter! 😊

Ops, rolou um erro na inscrição. Tente novamente mais tarde.