LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Biografias

Quem é Billie Eilish? Tudo sobre a jovem cantora que está quebrando recordes na música

Por Dora Guerra

8 de Maio de 2019, às 07:00


Artista número 1 no top 100 da Billboard, com seu álbum de estreia quebrando recordes de vendas: essa é Billie Eilish, que está dominando o mundo em 2019. Três anos depois de chamar a atenção da indústria musical, a artista lançou seu primeiro álbum no mês passado e está dando o que falar.

cantora Billie Eilish
Créditos: Divulgação

O que é que faz de Eilish esse fenômeno? Quais as melhores músicas da cantora? O Letras descobriu tudo e vai te contar agora. Vem ver!

Das colaborações de irmãos em casa ao Coachella

Nascida em 18 de dezembro de 2001, Billie Eilish Pirate Baird O’Connell começou compondo com ajuda do irmão, Finneas, desde os 11 anos. Cinco anos depois, a artista lança Ocean Eyes — seu single de estreia — no SoundCloud e se torna um sucesso viral. É nesse mesmo ano que Billie começa um contrato com a gravadora Interscope e relança Ocean Eyes oficialmente, além de um EP com remixes da música.

Em 2017, Billie Eilish lança seu segundo EP, don’t smile at me, além de músicas para a trilha sonora da série 13 Reasons Why. Aos poucos, a artista começa a consolidar seu nome como uma promessa na indústria, mesmo antes do lançamento do seu primeiro álbum.

Capa do álbum dont smile at me, de Billie Eilish
Capa do álbum dont smile at me / Créditos: Divulgação

Desde então, tudo funciona como uma empresa familiar: além de colaborar com o irmão para compor as músicas, tudo é feito em casa, nunca longe de Maggie Baird e Patrick O’Connell, pais da artista e atores de longa data.

Assim, a “equipe” ajuda Eilish a garantir que sua imagem esteja nas mãos da artista, em plena era de Instagram: a própria Billie afirma que suas roupas, sua estética e sua imagem são autênticas de sua personalidade, e é importante que sejam decisões suas, e não da gravadora.

É esse estilo que tanto chama a atenção dos fãs: Eilish é conhecida por usar roupas largas, um visual que brinca com os limites da sanidade e do terror, e por ter  uma atitude brincalhona e despreocupada.

O álbum de estreia: WHEN WE ALL FALL ASLEEP, WHERE DO WE GO?

Em 29 de março de 2019, Billie Eilish lança seu primeiro álbum de estúdio, chamado WHEN WE ALL FALL ASLEEP, WHERE DO WE GO? (Quando todos nós dormimos, para onde vamos?). Mesmo antes de seu lançamento, experts da indústria já previam que a cantora bateria recordes com o álbum — e não foi diferente.

Capa do álbum WHEN WE ALL FALL ASLEEP, WHERE DO WE GO?, de Billie Eilish
Capa do álbum WHEN WE ALL FALL ASLEEP, WHERE DO WE GO? / Créditos: Divulgação

Além disso, uma das primeiras performances da cantora com WWAFAWDWG em seu repertório foi nada mais, nada menos que no Coachella 2019. Não é pouca coisa, hein?

Nesse primeiro álbum, Billie se mostra como uma artista pop mais dark, flertando com gêneros como o electropop e o trap. Além de sucessos como bad guy e bury a friend (vamos falar deles ali embaixo!), o álbum conta com influências da artista, como trechos da série The Office na canção my strange addiction.

Soma-se isso à capa, um tanto sinistra: fica claro que Eilish tem gostos e referências bem suas e é isso que faz dela tão especial.

Melhores músicas de Billie Eilish

Agora que você sabe um pouco mais sobre a artista, listamos alguns sucessos que vale a pena você conferir:

bury a friend

Lançada como um single antes do álbum completo, bury a friend traz os versos que deram nome ao álbum. A música é escrita pela perspectiva do monstro que vive embaixo da cama de Billie, como ela mesma aponta: “Se você põe nesse ponto de vista, o que será que essa criatura está pensando ou vivendo? Confesso que sou também esse monstro, porque sou minha própria inimiga. Posso ser o monstro embaixo da sua cama, também.” Confira a tradução da letra aqui!

Não foi à toa que a música foi lançada antes do álbum: bury a friend determinou o caminho que Eilish queria seguir em WHEN WE ALL FALL ASLEEP, WHERE DO WE GO?. Dá uma olhada no clipe para entender melhor:

wish you were gay

wish you were gay foi a segunda música lançada para promover o álbum de Billie. A canção fala sobre uma decepção amorosa — o famoso “gosto do crush, mas ele não gosta de mim”. Na época, a artista disse que acreditava que ele não gostava dela por ela ser uma péssima pessoa, mas queria que fosse por algum outro motivo, como ele ser gay. (No fim das contas, ele era mesmo!)

Lovely (feat. Khalid)

Uma das músicas mais populares da artista, Lovely, foi lançada no ano passado com participação do Khalid. Foi lançada para a segunda temporada da série 13 Reasons Why, da Netflix, e tem um tom super melancólico. A letra fala sobre a dificuldade de sair da depressão, e o quanto é “adorável” viver esse sentimento de prisão, de forma sarcástica:

Isn’t it lovely, all alone (Não é adorável, completamente sozinha?)
Heart made of glass, my mind of stone (Coração feito de vidro, minha mente de pedra)

Pesado, né? Dá pra sentir esse clima pelo videoclipe também:

bad guy

A música bad guy foi lançada como single simultaneamente ao lançamento do álbum, no dia 29 de março de 2019. É uma canção divertida, com forte presença do baixo.

Apesar de Billie se autointitular “a vilã” na letra, o clipe também traz um pouco do lado brincalhão da artista — que, afinal, ainda é uma jovem de apenas 17 anos.


Já deu pra perceber que a Billie Eilish é uma artista nova, mas cheia de personalidade, né? Seu estilo dark pop, com fortes influências eletrônicas e estilo trap, pode trazer toda uma nova cara para a música popular americana!

Se você curtiu essa ~vibe~ da Billie, vem ouvir mais músicas dela aqui! 😉