Listas musicais

As melhores músicas de Tina Turner, a Rainha do rock ‘n roll

Por Rafaela Damasceno

22 de Outubro de 2020, às 19:00


Reconhecida como uma das maiores e melhores cantoras do mundo, Tina Turner é o auge quando o assunto é black, pop, rock e soul. Com mais de 60 anos de carreira, ela coleciona fãs e admiradores por onde quer que passe.

Sem falar nos seus hits inesquecíveis, que embalaram diversas gerações desde a década de 1950, quando a sua história na música começou. Não é PA toa que ela recebeu o título de A Rainha do rock ‘n roll.

Consagrada como uma das mulheres de maior destaque no rock, Tina Turner realmente faz jus ao título que recebeu.

As suas músicas são marcadas por uma voz visceral, inesquecível e extremamente forte, que mexe com qualquer um. Entre no clima e saiba quais são as melhores: 

Conheça as melhores músicas de Tina Turner

Com certeza você já deve ter ouvido algum sucesso de Tina Turner ou pelo menos já ouviu falar na cantora. Por isso, que tal conhecer as suas melhores músicas?

The Best

Um grande marco na carreira da cantora, The Best marcou também a trajetória de outras personalidades importantes: o boxeador Chris Ewbank, a tenista Martina Navrotilova e o nosso eterno Ayrton Senna. Ela dedicou essa canção a todos eles, ao vivo! 😍

Imagina receber uma homenagem dessas? Como Tina Turner já se aposentou, o jeito é sonhar mesmo com o clipe:

I Don’t Wanna Lose You

Lançada em 1989, I Don’t Wanna Lose You foi sucesso nas paradas da Espanha e do Reino Unido. E ela realmente faz jus a tanto reconhecimento pelo público.

Sem falar no clipe, que foi aclamado pela crítica. Apesar de não se falar muito em feminismo naquela época, a artista já valorizava os direitos das mulheres em seus vídeos. Veja: 

What’s Love Got To Do With It

Para quem não sabe, Tina Turner lançou uma autobiografia em 1986, intitulada I, Tina. Anos mais tarde, ela se tornaria filme, com o mesmo título da música What’s Love Got To Do With It

Faz todo o sentido, já que, no livro, a artista relata as agressões físicas e psicológicas que sofreu de seu ex-marido, Ike Turner. E o clipe também tem a ver com o tema, olha só: 

We Don’t Need Another Hero

E por falar em cinema, a artista também se arriscou nas telonas em Mad Max – Além da Cúpula do Trovão, de 1985. E uma composição sua, We Don’t Need Another Hero também entrou na trilha sonora.

Assista à interpretação da cantora e a algumas cenas do filme:

Proud Mary

Escrita por John Fogerty, do Creedence Clearwater Revival, Proud Mary foi uma música muito importante na carreira da cantora.

Gravada na época em que ela ainda fazia dupla com Ike, o contraste da voz dos dois chamava a atenção do público e da crítica na década de 1970.

Mas melhor mesmo é ouvir a sua interpretação solo, que é um show a parte:

Private Dancer

Este foi o primeiro hit da artista quando ela decidiu cantar sozinha. Private Dancer é um clássico dos anos 1980 e sempre é lembrado por seus admiradores mais fiéis.

Relembre você também e aproveite para dançar junto 💃:

Let’s Stay Together

Amor e sensualidade são sempre temas presentes nas músicas de Tina Turner. Let’s Stay Together ilustra bem essa sua característica marcante.

Ao ouvi-la, dá até vontade de se apaixonar e se jogar em um romance inesquecível ❤.

I Don’t Wanna Fight

Se você é noveleiro de plantão, deve ter uma boa recordação de I Don’t Wanna Fight. É que ela foi tema da abertura da novela da Rede Manchete, Uma Onda No Ar, de 1994. 

Mas se você não curte novela, não tem problema! O ritmo é uma delícia para ouvir em qualquer hora e lugar:

Cose Della Vita / Can’t Stop Thinking of You

Em parceria com o cantor italiano Eros Ramazzotti, Tina Turner gravou Cose Della Vita / Can’t Stop Thinking of You. Sem perder o seu estilo único, a artista conseguiu criar uma combinação perfeita com o astro europeu.

Comprove o que estamos falando com esta apresentação ao vivo:

River Deep, Mountain High

Produzida em parceria com o produtor Phil Spector, River Deep, Mountain High é uma verdadeira obra de arte da música dos anos 1960. Embora tenha sido gravada ao lado do ex-marido, que tanto a machucou, Tina já falou em entrevistas tem muito orgulho de ter participado desse projeto.

E temos registros incríveis dela cantando sozinha:

Paradise Is Here

Se você nunca ouviu Paradise Is Here na voz da cantora, provavelmente já deve ter ouvido a interpretação de Cher. Embora o single tenha sido lançado originalmente em 1987, ela acabou ficando mais popular com a nova gravação, em 1993.

Sarvesham Svastir Bhavatu

Outra música bastante ouvida da artista é Sarvesham Svastir Bhavatu. Adepta do Budismo há muitos anos, ela gravou esse mantra ao lado de 30 crianças. 

A tradução é a seguinte: que o bem estar, paz, plenitude e tranquilidade, felicidade e prosperidade seja atingida por todos. Aproveite para relaxar e pedir pela paz no mundo:

Saiba mais sobre a trajetória de Tina Turner

Anna Mae Bullock, que mais tarde adotaria o pseudônimo de Tina Turner, nasceu em 1939, em uma cidade do Tennessee, nos Estados Unidos.

Desde pequena, já teve contato com a música, cantando em corais da igreja batista. Nessa época, o sonho de ser cantora já estava vivo em seu coração.

Mas ela precisava estudar e se sustentar. Por isso, trabalhava como garçonete e tentava conciliar o ensino médio com um curso profissionalizante.

Tina e Ike Turner
Tina e Ike Turner / Créditos: Divulgação

Algumas vezes, frequentava a casa noturna onde a sua irmã trabalhava e foi lá que conheceu seu primeiro marido e parceiro musical, Ike Turner, e a sua banda, King of Rhythm.

Logo ela se tornou vocalista do grupo e, em 1960, Ike e Tina formaram uma dupla e lançaram diversos singles de sucesso. 10 anos depois, o casamento estava desmoronando por conta das agressões e do abuso de drogas do cantor.

Mesmo assim, em 1974, Tina iniciou a sua carreira solo e, 4 anos mais tarde, pediu o divórcio. 

Tina Turner
Créditos: Divulgação

Construindo sozinha uma trajetória musical incomparável desde então, ela já recebeu inúmeros prêmios, reconhecimentos, homenagens e, claro, o amor e a devoção dos fãs.

E, mesmo aposentada, continua emocionando a todos com as suas canções!

Não saia do clima dos anos 80!

Tina Turner é um nome marcante em diversas décadas, mas recebeu destaque principal a partir de 1980. Tanto que as suas melhores músicas foram lançadas nessa época.

Por isso, que tal aproveitar o clima de nostalgia e curtir alguns hits internacionais dos anos 80

Músicas internacionais dos anos 80

Mais clássicos oitentistas para você:

Receba os melhores posts do blog em seu e-mail

Assine a newsletter gratuitamente

Por favor, insira um e-mail válido.

Obrigado por assinar a nossa newsletter! 😊

Ops, rolou um erro na inscrição. Tente novamente mais tarde.