Muito, Eu Te Amo (part. Kell Smith)

As Baías

Muito uuuh
Eu te amo uuuuh
Muito
Com tudo que pode ser muito
Com muito de tudo eu, eu, eu
Uuuh eu te amo
Uuuuh muito
Com tudo que pode ser muito
Com muito de tudo

Você me despiu na calda da noite, uma mão
Uma veia, um verso, um açoite
E a palavra safada ao pé do ouvido
E a calça jeans jogada
Ao canto da cama

Eu me entreguei a você
Como a chama se entrega ao corpo, à razão
À beleza de ver nascer do fogo, da luz nos olhos
A visão

Muito com tudo que pode ser muito, eu

Muito uuuh
Eu te amo uuuuh
Eu, muito
Com tudo que pode ser muito
Com muito de tudo eu

Você me despiu na calda da noite, uma mão
Uma veia, um verso, um açoite
E a palavra safada ao pé do ouvido
E a calça jeans jogada
Ao canto da cama

Eu me entreguei a você
Como a chama se entrega ao corpo, à razão
À beleza de ver nascer do fogo, da luz nos olhos
A visão

Muito com tudo que pode ser muito, eu
Eu, eu, eu
Muito com tudo que pode ser muito
Eu, eu, eu
Eu te amo


Posts relacionados

Ver mais no Blog