Luto

Anum Preto

Eu nunca te conheci
Eu nunca te desejei
Eu nunca te observei
Eu nunca te escolhi

Mas eu já luto demais comigo
Eu já luto demais comigo

A mente pode querer rejeitar
Ainda que por sensatez
Esse pulo em direção ao abismo
Que esse sim eu escolhi cair

Mas eu já luto demais comigo
Eu já luto demais comigo


Posts relacionados

Ver mais no Blog