Nuestra Canción (part. Markéta Irglová)

Andrés Suárez

Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

Nuestra Canción (part. Markéta Irglová)

Ay de ti, de mí
De nuestra canción
Ay de aquel corazón
Pidiendo latir
Nunca tuviste motivos
Nunca cediste ocasión
No hay un recuerdo contigo
Sin ruido

Y ahora ¿quién duele?
Despiertos sobre el colchón
Lo sientes pero yo no
Sabes que tengo razón

Y ahora
Te hieren
Los besos que ya no doy
Se acerca septiembre y no
Hay que agradecerte

Ay de mí, de ti
Queriendo ser dos
Ay, me cuesta escribir
Tu nombre, mi error
Cuánto negabas el vino
Que tanto frío esperó
Quién se ha burlado del brillo
De un niño

Y ahora te mientes
Prometes algo mejor
No entiendes cómo acabó
Y eso me afina la voz

Y ahora Sin verte
La gente ríe mejor
Se acerca septiembre
Y no
Quiero quedarme

Tú, tú serás
Quien gane perdiéndote más
Yo
Yo volaré
Nunca hablaré
De tu bondad
No la encontré
Dejo de hablar

Y ahora
No duele
Quién miente
Quién te creyó
No entiendes
Cómo pasó
Sabes que tengo razón

Y ahora sin verte
Los viernes saben mejor
Se aleja septiembre y yo
Debo alejarme
Debo alejarme

Nossa Canção (parte. Markéta Irglová)

Ai você eu
Da nossa musica
Ai daquele coração
Pedindo para vencer
Você nunca teve motivos
Você nunca deu uma chance
Não há memória com você
Sem barulho

E agora quem machuca?
Acordado no colchão
Você sente isso, mas eu não
Você sabe que estou certo

E agora
Eles te machucam
Os beijos que já não dou
Setembro está chegando e não
Temos que te agradecer

Ai eu vc
Querendo ser dois
Sim, é difícil para mim escrever
Seu nome erro meu
O quanto você negou o vinho
Quão frio você esperou
Quem tirou sarro do glitter
De uma criança

E agora você mente para si mesmo
Voce promete algo melhor
Você não entende como acabou
E isso refina minha voz

E agora sem te ver
As pessoas riem melhor
Setembro está chegando
E não
eu quero ficar

Você vai ser
Quem quer que ganhe perdendo mais você
Eu
eu vou voar
Eu nunca vou falar
De sua bondade
não encontro
Ele parou de falar

E agora
Não dói
Quem mente
Quem acreditou em você
Não entendes
Como passo
Você sabe que estou certo

E agora sem te ver
Sextas-feiras tem um gosto melhor
Setembro está se mudando e eu
Eu devo ir embora
Eu devo ir embora

Composição: Andrés Suaréz
Enviada por Victor.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Andrés Suárez

Ver todas as músicas de Andrés Suárez