El Corazón Me Arde

Andrés Suárez

Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

El Corazón Me Arde

Del norte como yo, perdida, como todos duerme
Si quebrara ahora la tierra, nos da igual
Los dos somos del mar
Los dos somos la suerte
De sentirnos diferente a los demás

De solo corazón, acento, añejo roble siente
Que si ríe bien pudiera ir más allá
Enmudecer la sal
Con besos, si el poniente
No pusiera mi futuro en su mirar

Mientras quede el después de tu pelo danzando en el aire
No me pidas respeto perdiéndolo en horizontal

Pretendiendo quererte, he mirado de más
A la noche le faltan estrellas, quizás
Con tu piel
Tendrán que rendir cuentas

Represento la fe y no he rezado jamás
No hay olvido detrás de la noche de ayer
Quédate
O al menos no te muevas

Y el corazón me arde
Y el corazón, uoh

Mientras quede champán y el teléfono siga mojado
Mientras sobre teatro, segundo papel, me da igual
Permíteme el azar
Apaga el escenario

Pretendiendo quererte, he mirado de más
A la noche le faltan estrellas, quizás
Con tu piel
Tendrán que rendir cuentas

Represento la fe y no he rezado jamás
No hay olvido detrás de la noche de ayer
Quédate
O al menos no te muevas

Pretendiendo quererte, he mirado de más
A la noche le faltan estrellas, quizás
Con tu piel
Tendrán que rendir cuentas

Y el corazón me arde
Y el corazón me arde
Y el corazón me arde
Y el corazón

Y el corazón me arde
Y el corazón me arde
Y el corazón me arde
Y el corazón

Meu coração queima

Do norte como eu, perdido, como todo mundo dorme
Se eu quebrar a terra agora, não nos importamos
Nós dois somos do mar
Nós dois temos sorte
Para se sentir diferente dos outros

Apenas coração, sotaque, toque de carvalho velho
Que se ele rir bem, ele pode ir mais longe
Silenciar o sal
Com beijos, se o oeste
Não coloquei meu futuro em seu olhar

Enquanto o seu cabelo estiver dançando no ar
Não me peça respeito perdendo-o horizontalmente

Fingindo te amar, eu olhei demais
A noite está faltando estrelas, talvez
Com sua pele
Eles serão responsabilizados

Eu represento a fé e nunca rezei
Não há como esquecer a noite passada
fique
Ou pelo menos não se mexa

E meu coração queima
E o coração uoh

Contanto que haja champanhe e o telefone ainda esteja molhado
Enquanto no teatro, segundo papel, eu não me importo
Me permita uma chance
Desligue o palco

Fingindo te amar, eu olhei demais
A noite está faltando estrelas, talvez
Com sua pele
Eles serão responsabilizados

Eu represento a fé e nunca rezei
Não há como esquecer a noite passada
fique
Ou pelo menos não se mexa

Fingindo te amar, eu olhei demais
A noite está faltando estrelas, talvez
Com sua pele
Eles serão responsabilizados

E meu coração queima
E meu coração queima
E meu coração queima
E o coração

E meu coração queima
E meu coração queima
E meu coração queima
E o coração

Composição: Andrés Suaréz
Enviada por Jazmín.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog