Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

Lux

Era blanca y dormía al alba
Quién te rompió cariño
Quién te calló
Quién osó pecarte
Era tan bonita

Un angelito le cuidaba
Cayó del cielo mirando al fuego
Te crearon por lucero
Te redujeron a cenizas
Era tan bonita

Era tan bonita
Que cayó al alba
Que cayó al alba
Quemó tu propio manto
Te puso como espectáculo

Mírate las manos
Eran tan bonitas
Solo era tierra
Y un poco más oscuro
Era tan bonita

Cayó, cayó, cayó
Cayó, cayó, cayó

Tu imprudencia no fue delito
Será juzgada por Dios divino
El valor de tu cuerpo
No está regido por mí
Fiera a morir

Y no es tan grave quién pudo hacerlo
Con libre conciencia
Quién podrá dormir
Quién buscó robarte
Fuiste tan maldita

Voló, voló, voló
Voló, voló, voló
Cayó y voló, voló
Cayó, voló, voló

luxo

Ela era branca e dormia ao amanhecer
Quem quebrou você, querida
Quem te calou
Quem ousou pecar em você
Ela era tão bonita

Um anjo cuidou dele
Ele caiu do céu olhando o fogo
Eles te criaram por lucero
Eles te reduziram a cinzas
Ela era tão bonita

Ela era tão bonita
Que caiu ao amanhecer
Que caiu ao amanhecer
Queimou seu próprio manto
Ele colocou você como um show

Olhe para suas mãos
Eles eram tão bonitos
Era só terra
E um pouco mais sombrio
Ela era tão bonita

Caiu, caiu, caiu
Caiu, caiu, caiu

Sua imprudência não foi um crime
Será julgado pelo Deus divino
O valor do seu corpo
Não é governado por mim
Feroz para morrer

E não é tão sério quem poderia fazer isso
Com consciência livre
Quem pode dormir
Quem procurou roubá-lo
Você era tão maldito

Voou, voou, voou
Voou, voou, voou
Ele caiu e voou, voou
Caiu, voou, voou

Composição: Alba Reche / Carla Hidalgo / Ismael Guijarro Hidalgo
Enviada por gustavo.silveira@letras.com. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Alba Reche

Ver todas as músicas de Alba Reche