To Erebor

Wind Rose

Original Tradução Original e tradução
To Erebor

Hear from afar the mountain's call
Cries an era lost in fire
For the long forgotten hoard
Quenched the dwarves' desire

Baruk Khazad!
Sigin-tarag!
Gimil Khazad!
Khazâd ai-menu!

Once from the golden halls
The mighty rumble of the hammers
Echoed deep within the earth
For the forgotten hoard
And for the solitary mountain
We're declaring our return

Dwarves of yore! (The time has come!)
Hammers high! (Straight to war!)
Hear my words
We are returning
Claim the throne! (Erebor!)
Break the curse! (The mountain calls!)
Trust my will
We are returning home

A raven in the storm
A harbinger of rising cold
A tremor in your blood
That awakens you in the night

When the lights are gone, the axes fall
A king is to return

Now the time has come, into Middle-Earth we ride
For the crown, seven stars ablaze over the night

When the lights are gone, the axes fall
A king is to return

Dwarves of yore! (Sigin-tarag!)
Hammers high! (To your will!)
Keep the stride
We are returning home
Open eyes
Shield the thief (Side by side!)
Our reward? (The Arkenstone!)
What we live for!

To the burrow of the beast
The dragon's ire more fierce than fire
We have sworn to erase
Hammers fell like ringing bells
Recall the glory of the dwarves
From the hollow halls

Hear (Far away)
From afar the mountain's call
Cries an era lost in fire
For the long forgotten hoard
Quenched the dwarves' desire

A raven in the storm
A harbinger of rising cold
A tremor in your blood
That awakens you in the night

When the lights are gone, the axes fall
A king is to return

Now the time has come, into Middle-Earth we ride
For the crown, seven stars ablaze over the night

When the lights are gone, the axes fall
A king is to return

Over the hills
There's a terror awakened
We will stand in our father's halls
As the prophecy told

A raven in the storm
A harbinger of rising cold
A tremor in your blood
That awakens you in the night

Para Erebor

Ouça de longe o chamado da montanha
Cria uma era perdida no fogo
Para o acumulado há muito esquecido
Acelerou o desejo dos anões

Baruk Khazad!
Sigin-tarag
Gimil KhazadKhazâd ai-menu

Uma vez dos salões dourados
O poderoso estrondo dos martelos
Ecoou profundamente na terra
Para o tesouro esquecido
E para a montanha solitária
Estamos declarando nosso retorno

Anões de outrora! (A hora chegou!)
Martelos altos! (Direito à guerra!)
Ouça minhas palavras
Estamos retornando
Reivindique o trono! (Erebor!)
Quebra a maldição! (Chamadas de montanha!)
Confie na minha vontade
Estamos voltando para casa

Um corvo na tempestade
Um presságio de frio crescente
Um tremor no seu sangue
Isso desperta você na noite
Quando as luzes se apagaram, os machados caem
Um rei deve retornar
Agora chegou a hora, na Terra-média nós cavalgamos
Pela a coroa, sete estrelas em chamas durante a noite
Quando as luzes se apagam, os machados caem
Um rei deve retornar

Anões de outrora! (Sigin-tarag!)
Martelos altos! (Para sua vontade!)
Mantenha o passo
Estamos voltando para casa
Olhos abertos, Proteja o ladrão (lado a lado!)
Nossa recompensa (The Arkenstone!) Para o que vivemos!

Para a toca da besta
A ira do dragão é mais feroz do que o fogo
Nós juramos apagar
Os martelos caíram como sinos
Lembre-se da glória dos anões
Dos salões vazios

Ouça (Longe)
De longe o chamado da montanha
Cria uma era perdida no fogo
Para o acumulado há muito esquecido
Acelerou o desejo dos anões

Sobre as colinas
Há um terror despertado
Vamos ficar nos salões do nosso pai
Como a profecia contou

Enviada por Karina e traduzida por Red. Revisão por Yago.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Wind Rose

Ver todas as músicas de Wind Rose