Emoções

Wando

Nos fizemos tão meninos livres tão vadios de tanto querer
Nós fizemos poesia pra chorar do riso pra sorrir da dor
Me entregastes teus segredos
Eu falei do medo do meu coração

Assim pisamos noite a dentro
Como dois perdidos cheios de emoção
Nas almofadas tão macias
Nos aconchegamos sufocando a paz

Tudo então se fez ternura que nas nossas juras prometemos ser
Até que a morte nos separe ou até o dia amanhecer
Nós faremos nosso mundo nós seremos tudo que devemos ser

A lua iluminou teu corpo
Moreno, bonito, pra me provocar
No teu rosto um riso lento
Misturado ao pranto vi desabrochar
Te agasalhei nos braços, pele, mãos, espaços, acariciei
Te amei suavemente, e tão decemente, eu me fiz teu rei

A lua iluminou teu corpo
Moreno, bonito, pra me provocar
No teu rosto um riso lento
Misturado ao pranto vi desabrochar
Te agasalhei nos braços, pele, mãos, espaços, acariciei
Te amei suavemente, e tão decemente, eu me fiz teu rei

Composição: Wando
Revisão por Flavia.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog