Gatinha Comunista

Vitroles

A minha vida estava sem sentido
Eu precisava de uma revolução
O que eu não tinha percebido
É que um espectro rondava o meu coração
Depois que eu te vi pensei que nada mais valia
Não ter você é a minha alienação

Minha gatinha comunista eu preciso te dizer
Que eu acho que o vermelho fica tão bem em você
Espero que você abra uma exceção
Eu quero a propriedade privada do seu coração

Eu não quero ser só mais um camarada
Eu quero ficar com você até a morte
E se algum outro homem estiver na jogada
Eu boto ele pra correr igual o traidor do Trótski
Nem o materialismo dialético é tão certo
Quanto o que eu sinto quando você está por perto

Minha gatinha comunista eu preciso te dizer
Que eu acho que o vermelho fica tão bem em você
Espero que você abra uma exceção
Eu quero a propriedade privada do seu coração

Não deixe que a revolução te tome tanto tempo assim
Nos seus planos quinquenais guarde espaço para mim
Porque quem ama não vive só de memória
Como já dizia Fukuyama, esse seria o fim da nossa história

Minha gatinha comunista eu preciso te dizer
Que eu acho que o vermelho fica tão bem em você
Espero que você abra uma exceção
Eu quero a propriedade privada do seu coração

Agora em russo!
Моя кошечка-комунистка, я хочу тебе сказать
Что тебе так идет красный цвет
Надеюсь, ты сделаешь мне исключение
Я хочу быть частным собственником твоего сердца

Minha gatinha comunista eu preciso te dizer
Que eu acho que o vermelho fica tão bem em você
Espero que você abra uma exceção
Eu quero a propriedade privada do seu coração
Me dê a propriedade do seu coração
Eu quero a propriedade privada do seu coração

Composição: Alessandro Xavier / Leo Afonso / Leonardo Xavier
Enviada por Víctor. Legendado por Laura. Revisões por 6 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Vitroles

Ver todas as músicas de Vitroles