Şeytan azapta

Tarkan

Original Tradução Original e tradução
Şeytan azapta

Sabah işe giderken
Her zamanki gibi erken
Karbondioksit, monoksit
Ve trafik beni yerken

Birileri kaldırımda yaya
Birileri biniyor arabaya
Monotoni, megamoni
Diye diye vardım Galata'ya

Derken bir gördüm pir gördüm seni
Ve anında mahvettin dengemi

Öylece kalakaldım
Eyvahlar olsun yandım
Ya birinin ahı tuttu
Büyüye bile inandım

O an olan oldu
O çapkın rüzgar uçurdu eteklerini
Benim şuçum yok o bozdu
İnan ki bütün iyi niyetlerimi

Şeytan azapta

Şaka maka derken halim berbat
Kaderime küstüm iyice heyhat
Unuttum dünya halini
Derdine düştüm feryat feryat

Demônio atormentado

Manhãs como as que eu vou para o trabalho
Cedo como sempre
Consumido pelo monóxido de carbono
E pelo trafégo

Alguns pedrestres na rua
Alguns entrando nos seus carros
Mega-monotonia
Isso me diz, cheguei em Gálata

Dizendo isso, vi vc, vi uma santa salvadora
E nesse instante vc destruiu meu controle

Fiquei congelado pela sua aparição
Ahh! Estou perdido!
Acho que fui enfeiticado
Eu até acredito em encantamentos

O que está feito, está feito
Este vento forte levanta sua saia
Não é minha culpa, isso foi arruinado
Acredite em mim, em minhas boas intenções

O demônio atormentado

Sem brincadeiras, estou deplorável
Ahh! Estou desgostoso com meu destino
Tenho esquecido todas as virtudes humanas
Tenho falhado nos seus problemas, suplicante

O demônio atormentado


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Tarkan

Ver todas as músicas de Tarkan