"nunca me pegaram, ok”

Sidoka

Seguiu pegada
Mas não por onde andei
Não deixei pegada
Cês nunca me pegaram, ok
No meu pescoço marca
Da boca dela que eu fiquei
Você ficou pelada
Paralisei, paralisei

É que seguiu pegada
Mas não andou por onde andei
Eu não deixei pegada

Cês nunca me pegaram, ok
Não meu pescoço marca
Da boca dela que eu fiquei
Você ficou pelada
Paralisei, paralisei

Pegue o mapa
Toma tapa
Tem vinho na taça
Tem muita fumaça
Meu Deus
Quem te arquitetou?
Foi Deus

Planejando, tô remanejando
Tô me imaginando
Tô te examinando
Tô de Armani diferente do pano

Que que precisa pra te ver?
Te tenho, te tenho
Querendo mais ainda ver

Lingerie, mármore de marfim
Sobe em mim
Quer ter sim
Quer fendi
Hmm luz acesa
Sobremesa de
Licadeza
Vê, não me esqueça

Lingerie, mármore de marfim
Yeah, yeah

Sobe em mim
Quer ter sim
Quer fendi, yeah, yeah

Luz acesa, ó
Ow sobremesa
Ow que delicadeza
Vê, não me esqueça, hmm, seguiu
Pegada
Mas não andou por onde andei
Eu não deixei pegada
Cês nunca me pegaram, ok
No meu pescoço marca
Da boca dela que eu fiquei
Você ficou pelada
Paralisei, paralisei

É que seguiu pegada
Mas não andou por onde andei
Eu não deixei pegada
Cês nunca me pegaram ok
No meu pescoço marca
Da boca dela que eu fiquei
Você ficou pelada
Paralisei, paralisei

Composição: Sidoka
Enviada por Guilherme. Revisão por Jefferson.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog