Excuse Me

Salvador Sobral

Original Tradução Original e tradução
Excuse Me

Excuse me if I bore you
When I talk about the things I like to do
Excuse me if I'm not like them
I'd always liked to think there's something else out there
For us the world is a gift
A spin is a day
A turn is a year
And if the day gives us rain
Let's stare at the falling drops in the air
That I breathe when we wander outside
Touch of sunlight when it was getting dark
Slow down the pace of the clocks in our heads
So we can keep shaping the clouds

Excuse me, is what you told me
When I didn't listen what you had to say
Maybe I am just like them
Forgetting you could also choose a way
Your view blending with mine
Are two colour filters blazing my sky
Alone but together we'll share
The touch, the taste, the smell
Of the air that I breathe when we wander outside
Touch of sunlight when it was getting dark
Slow down the pace of the clocks in our heads
So we can keep shaping the clouds

Excuse me, is what you told me
When I didn't listen what you had to say
Maybe I am just like them
Forgetting you could also choose a way
Your view blending with mine
Are two colour filters blazing my sky
Alone but together we'll share
The touch, the taste, the smell
Of the air that I breathe when we wander outside
Touch of sunlight when it was getting dark
Slow down the pace of the clocks in our heads
So we can keep shaping the clouds

Com Licença

Me desculpe se eu te entedio
Quando eu falo sobre as coisas que eu gosto de fazer
Me desculpe se eu não sou como eles
Eu sempre gostei de pensar que há algo mais lá fora
Para nós, o mundo é um presente
Um giro é um dia
Uma volta é um ano
E se o dia nos dá chuva
Vamos olhar para as gotas caindo no ar
Que eu respiro quando vagueamos para fora
Toque da luz solar quando estava ficando escuro
Retarde o ritmo dos relógios em nossas cabeças
Assim nós podemos continuar moldando as nuvens

Com licença – é o que você me disse
Quando eu não escutei o que você tinha a dizer
Talvez eu seja igual a eles
Esquecendo que você também poderia escolher um jeito
Sua visão se misturando com a minha
São dois filtros coloridos flamejando meu céu
Sozinho, mas juntos vamos compartilhar
O toque, o sabor, o cheiro
Do ar que eu respiro quando vagueamos para fora
Toque da luz solar quando estava ficando escuro
Retarde o ritmo dos relógios em nossas cabeças
Assim nós podemos continuar moldando as nuvens

Com licença – é o que você me disse
Quando eu não escutei o que você tinha a dizer
Talvez eu seja igual a eles
Esquecendo que você também poderia escolher um jeito
Sua visão se misturando com a minha
São dois filtros coloridos flamejando meu céu
Sozinho, mas juntos vamos compartilhar
O toque, o sabor, o cheiro
Do ar que eu respiro quando vagueamos para fora
Toque da luz solar quando estava ficando escuro
Retarde o ritmo dos relógios em nossas cabeças
Assim nós podemos continuar moldando as nuvens

Composição: Salvador Sobral e Leo Aldrey
Enviada por Inês e traduzida por Mikael. Legendado por Alessa. Revisão por Inês.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Salvador Sobral

Ver todas as músicas de Salvador Sobral