Metade Paz, Metade Dor

Royce do Cavaco

Abro mão do seu amor, adeus
Dispenso os carinhos teus
Não quero mais sofrer, não
Não quero mais chorar
Chega de desilusão
Minha pena já venceu, adeus
Me liberto dessa prisão
Entre ficar ao teu lado
Ou deixar-te de vez
Acato a segunda opção
Saio da contra-mão
Chego até a contrariar
O querer do coração
Mas não vou mais sofrer
Tente me entender
Vai me dar razão
Pois um coração não pode ser
Metade paz, metade dor
Vá pr´um novo amor
Deixe eu renascer.

Composição: Luizinho SP / Miltinho
Enviada por Bruno.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog