Boneco de Piche

Romulo Fróes

Ia sobrar pra mim, ia ser bem ruim
Já colei no cenário
Acho que eu tô no fim
Grudaram um soco em mim
como um cara ao contrário

Sai já do sol, que azar o meu
O boneco sou eu
Feito de piche, eu bem que disse
O pé preso no céu

Agora a multidão em plena malhação
E nem sai no jornal
e nem é carnaval
nem é televisão
nem é vida real

Até a mulata põe sua pata
no asfalto do céu
Sai já do sol, que rei sou eu?
Feito cruz no farol

Agora, ai de mim
Eu sou bicho ruim
Toco o dia com a mão, eu mordo a minha mão
Não sei se é ilusão, mas meu dente é real

No Corcovado, corcunda e cavo
A paisagem sou eu
Mata esse cara, põe uma bala
Na cabeça do céu

Agora é minha voz, ele morreu por nós
E sumiu na fumaça, e não sou eu quem falo
pregaram até o talo
O pé preso no céu
Preso no céu...

Composição: Nuno Ramos / Romulo Froes
Enviada por higgo.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog