Chainsaw Man

Rodrigo Zin

O futuro é pika moleque!

Meu pai morr, shh quem paga agora sou eu!
Não me olhe assim, ao menos tenho o breu
Um cachorrin e raiva que Deus me deu
Olha pochita, hoje o tolo, venceu

Vendi meu rim, um olho e partes
Que eu nem te conto
Pra pagar minha dívida, cara o meu voo é longo
Nasci na miséria, vivo um eterno tombo
Sonho em comer pão com geleia
Ter uma mina e pronto

Mas mano aqui eu já tô como?
Trabalho pra humanos
Que mais parecem uns monstros
Sigo trabalhando, ops, matando demônios
Pra gerar dinheiro, e quitar o peso dos meus ombros
Usando meu cachorro que é metade motosserra
Sei que essa história é estranha
Mas demônios são comuns em guerra
Desculpa fera

O mundo tá uma bela merda
Foi nessas trevas
Que a luz cuspiu nas minhas pernas
Quem clama paz
Eu sei que só fala demais
Somos iguais
Não ligo, não quero
Então sai!
Achou que eu, seria o herói daqui?
Da shonen jump?
Eu piso em heróis assim

Chainsaw man
Cês pedem por quem?
Posso salvar teu dia
Mas teu medo é o que mantém o
Chainsaw man
Cês pedem por quem?
Posso salvar teu dia
Mas teu medo me mantém

Antes de morrer quero abraçar uma garota
Isso que eu sempre disse pro meu cachorro pochita
Conheci ele ferido, no velório do meu
Opa, esse dia foi sofrido
Mas assim seguiu minha vida
Escutei que o sangue cura
Disse tome do meu sangue
Eu serei o seu amigo
Não me abandone
Como já fizeram antes
Me salve e eu vou salvá-lo
Contrato realizado
Caçadores de demônio
Yakuza, eu vou pagá-las

E a dívida do meu pai eu vou quitar
Não importa qual trabalho a yakuza vai me dar
Só tenho a perder o amigo que eu fiz
O resto não importa
Desde que eu siga assim

Mas foi de madrugada
Que eu recebi o chamado
Demônio num galpão
Preciso fazer o trabalho
Meu chefe tava estranho
O silêncio só pesava
O demônio era a yakuza

Eu caí numa emboscada
Eles fizeram um acordo
Com um demônio zumbi
Traz o caçador contigo
E vou trabalhar pra ti
Mas todos foram enganados
E claro, eu me enganei
Queria uma vida de descanso
Mas na morte eu virei o

Chainsaw man
Cês pedem por quem?
Posso salvar teu dia
Mas teu medo é o que mantém o
Chainsaw man
Cês pedem por quem?
Posso salvar teu dia
Mas teu medo me mantém

Jogados no lixo, em partes, um bicho
O cão e menino, já não tão mais vivo
Só lembro do grito, meu sangue e latidos
Luz vindo, chamando e eu vi o paraíso
É o peso do karma, a vida desgraça
A vida tão fraca na ponta da faca, baka!

Quase perdendo minha alma, saca?
Sangue, só cure meu parça, parça
Pochita, minha vida é tua, para
Você realizar meus sonhos e também as minhas taras
Mas foi quando eu percebi, que a consciência, eu recobrava
Pochita deu o coração
Pra eu viver uma nova saga

Virando meio demônio, e meio o que componho
No peito a corda da serra, a cela quebrei num combo
No fundo, olhei pro carrasco
Claro, o demônio zumbi
Com uma horda ao seu redor
A yakuza veio até mim
Sim, todos, mortos-vivos
Preocupações, não é preciso
Puxei a corda do meu peito
E virei um demônio lindo
Se-serras e mais; serras
Znnn olha, eu de novo
Chainsawman em terra agora igual proteja o seu pescoço

Acabando com tudo
Foi quando me apareceu
Uma garota, caçadora de demônios, como eu
Só pude pedir um abraço, eu tava com tanto medo
Ela me abraçou com força, isso que eu nem tava morrendo
Ela me sussurrou

Te mato aqui ou você vira o meu cachorro
Eu perguntei o que ganharia com isso
Me respondeu que eu teria todo dia
Pão com geleia e se pa um cafézinho
Olha pochita, eu tô vivendo um sonho
Emocionado, me entreguei de coração
Sei que às vezes pareço um tanto medonho
Mas foi assim, que eu entrei em ação
(Sendo o)

Chainsaw man
Cês pedem por quem?
Posso salvar teu dia
Mas teu medo é o que mantém o
Chainsaw man
Cês pedem por quem?
Posso salvar teu dia
Mas teu medo me mantém

Te mato aqui

Faz falta ter um coração em meio a esse caos
Papo de devorar a si pra conhecer o mal
São como sonhos, algo raso tipo o que nós somos
São meus amigos, o que vocês chamam de demônios
Apaixonado pela forma como me controla
Sou sua espada, sua serra, por quê não pistola?
O que você quiser, eu faço
Eu já não tenho medo
Qualquer coisa, é um degrau
Pra quem debaixo, veio

Vem conhecer
Contratos a parte
Eu amei
Conhecer
Contratos a parte
Eu amei
Conhecer
Contratos a parte
Eu amei
Contratos a parte
Me tornei

Um maldito como o
Chainsaw man

Composição: Rodrigo Zin
Enviada por Ultra. Legendado por Thirteen. Revisão por Thirteen.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Rodrigo Zin

Ver todas as músicas de Rodrigo Zin