A Glória Invadiu

Raquel Coutinho

Santo, santo, santo, santo, santo
Santo, santo, santo, santo, santo

No ano em que o rei morreu, Ele me apareceu
Eu vi sua glória, assentado sobre o trono
Seu séquito enchia o templo, eu vi sua glória
Os serafins estavam em cima
Com asas resplandecentes cobriam seu rosto
Uns clamando para os outros
Dizendo: santo, santo, santo
Eu vi sua glória

A glória invadiu, cobriu o lugar
Foi anjo voando, pra lá e pra cá
A glória desceu, invadiu a terra e encheu
Foi glória, glória, foi glória com glória
Foi glória, glória, foi glória mil glórias
Tudo mudou por ali, com Deus

Santo, santo, santo, santo, santo
Santo, santo, santo, santo, santo

E os serafins estavam acima dele
Cada um tinha seis asas
Com duas cobriam seu rostos
Com duas cobriam seus pés
E com duas voam e clamavam uns aos outros dizendo
Santo, santo, santo é o Senhor, é o Senhor

Deixa a glória aparecer, deixa a glória invadir
Por que quando ela entra tem resposta
O inferno tem que recuar, o fogo tem que desistir
O mar tem que abrir caminho pra vitória

Santo é o Senhor


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Raquel Coutinho

Ver todas as músicas de Raquel Coutinho