O Nome

Prisma Brasil

Apenas outro Nome
Pra quem não O conhece
É maldição pra quem só vê, um homem
Descrentes são jocosos
Com Quem O santifica
Oh! Como dói, ouvi-los rir!

Pessoas aqui morrem
Pois não podem negar
Sim, pra alguns queridos, o preço é grande
Em atribulação, quando meu
Mundo foi sacudido
A paz me deu e me salvou

O Nome é a torre pra onde
Eu corro
Quando o inimigo vem me cercar
O Nome é a esperança em
Que me agarro
Se em desespero, me
Devolve o chão
Se eu cantar na alegria
Ou em lágrimas na dor
Há mudanças ao chamar o Nome, Cristo

Se há tristeza em minha alma
Pois sei, tenho falhado
A menção do Santo Nome
Traz-me graça
Se não encontro as palavras
Que traduzem o quanto eu O amo
O seu Nome pode explicar

É a resposta, é a canção
Ele é a minha salvação
Seu Nome é doce
Incomparável
Um dia, pra este Nome
Os salvos de todas as nações
Levantarão as mãos e cantarão

O Nome é a torre pra onde
Eu corro
Quando o inimigo vem me cercar
O Nome é a esperança em
Que me agarro
Se em desespero, me
Devolve o chão
Se eu cantar na alegria
Ou em lágrimas na dor
Há mudanças ao chamar o Nome, Cristo

Antes disto, os poderes das
Trevas serão calados
Quando todos os remidos
Se ajoelharem para O adorar

O Nome é a torre pra onde
Eu corro
Quando o inimigo vem me cercar
O Nome é a esperança em
Que me agarro
Se em desespero, me
Devolve o chão
Se eu cantar na alegria
Ou em lágrimas na dor
Há mudanças ao chamar o Nome, Cristo
Cristo, o nome é Cristo
Cristo, o nome é Cristo
Cristo, Jesus

Composição: Janice Crow / Lee Black / Sue C. Smith
Enviada por Filho. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog