Na Função

Ponto De Equilibrio

Tamo na função, tamo na função, tamo focado então pega essa visão
Milhares vão em pé, centenas vão sentados
Somando de um a um vão formando os seus soldados
Queima babilônia, queima babilônia, queima, queima, queima a babilônia

Milhares vão em pé, centenas vão sentados
Sigo no meu corre e vejo tudo palmeado
Queima babilônia, queima babilônia, queima, queima, queima a babilônia

Não passarão

Eu sou cria do mundo, mas não fui criado mudo por que
Tamo na função, tamo na função, tamo focado então pega essa visão

Tô na funça, não é bagunça
Mó responsa esse reggae
Tô focado, tô ligado
Tô nas mente dos muleque, não esquece, ei!
Sou quebrada, madrugada é sinistro o sobe e desce
Só quem é de lá, Jão! Sabe o que acontece
Hey! Rael Rincon e Ponto de Equilíbrio aperte o play
Lutamos contra todo mal
E get get get get down!
Queima babilônia já, do jeito que tá não dá
Os mano tem que buscar, amor
E pra babilônia desce e vários mano vencer, vê sua família crescer
Se todos lutar vai ser melhor, vai

Tamo na função, tamo na função, tamo focado então pega essa visão

Tamo nessa função
Eles querem saber quem são
Liberta pra fazer junção
Essa é nossa pretensão
Tranquilizar evitar tensão
Garantir nossa refeição
Quero ver a paz, quero ver o amor quando eu olhar na sua feição, ei
Pode me chamar que eu vou
Pode bater o tambor
música já me levou
Então eu quero mais, é
Pode me chamar que eu vou
Pode bater o tambor
Nossa bênção é dizer que sem amor jamais

Tamo na função, tamo na função, tamo focado então pega essa visão

Composição: Hélio Bentes / Lucas Kastrup / marcelo gemeos campos / Marcio Sampaio / Pablo Bispo / Pedro Pedrada / Rael / Rincon Sapiencia / Ruxell / Sérgio Santos / tiago caetano
Enviada por Marcos.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Ponto De Equilibrio

Ver todas as músicas de Ponto De Equilibrio