Sandmann

Oomph!

Original Tradução Original e tradução
Sandmann

Armes Deutschland
Kannst du deine Kinder sehen
Wie sie vor dem Abgrund Schlange stehen

Krankes Deutschland
Kannst du ihre Angst verstehen
Wenn sie schlafen gehen

La Le Lu
Nur der Mann im Mond schaut zu
Wenn die armen Kinder schlafen
Drum schlaf auch du

La Le Lu
Und das kleine Herz friert zu
Wenn die andren Kinder fragen
Wie viel hast du?

Sandmann, Sandmann
Mach die Lichter aus
Die Wahrheit ist grausam
Drum schenk mir einen Traum

Sandmann, Sandmann
Komm zu mir nach Haus
Streu mir Sand in meine Augen
Und weck mich nie wieder auf

Armes Deutschland
Kannst du deine Kinder sehen
Wie sie langsam vor die Hunde gehen?

Reiches Deutschland
Wann wird dir der Spaß vergehen
Wann wirst du verstehen?

La Le Lu
Nur der Mann im Mond schaut zu
Wenn die armen Kinder schlafen
Drum schlaf auch du

La Le Lu
Und das kleine Herz friert zu
Wenn die andren Kinder fragen
Wie viel hast du?

Sandmann, Sandmann
Mach die Lichter aus
Die Wahrheit ist grausam
Drum schenk mir einen Traum

Sandmann, Sandmann
Komm zu mir nach Haus
Streu mir Sand in meine Augen
Und weck mich nie wieder auf

Trocken Brot macht Wangen rot
Der Junge lebt in großer Not
Er schrie sich schon die Lunge wund
Der Hunger brennt im Kindermund

Trocken brot macht wangen rot
Doch Jeder sitzt im eigenen Boot
Ich zeig dir jetzt was Wohlstand ist
Im Land das seine Brut vergisst

Sandmann, Sandmann
Mach die Lichter aus
Die Wahrheit ist grausam
Ddrum schenk mir einen Traum

Sandmann, Sandmann
Komm zu mir nach Haus
Streu mir Sand in meine Augen
Und weck mich nie wieder auf

Homem de Areia

Pobre Alemanha
Você pode ver suas crianças
Como eles ficam alinhados em frente ao abismo?

Doente Alemanha
Você pode entender seus medos
Quando eles vão dormir?

La Le Lu
Apenas o homem na Lua está assistindo
Quando as pobres crianças dormem
Então você dormirá também

La Le Lu
E o pequeno coração descongela
Quando as outras crianças perguntam
Quanto você tem?

Homem de Areia, Homem de Areia
Desligue as luzes
A verdade é cruel
Então mande-me um sonho

Homem de Areia, Homem de Areia
Venha para a minha casa
Borrife areia em meus olhos
E nunca mais me acorde

Pobre Alemanha
Você pode ver suas crianças
Como eles lentamente vão aos cachorros?

Rica Alemanha
Quando vocês deixarão de ser divertidos?
Quando vocês irão entender?

La Le Lu
Apenas o homem na Lua está assistindo
Se as pobres crianças dormem
Então você dormirá também

La Le Lu
E o pequeno coração descongela
Quando as outras crianças perguntam
Quanto você tem?

Homem de Areia, Homem de Areia
Desligue as luzes
A verdade é cruel
Então mande-me um sonho

Homem de Areia, Homem de Areia
Venha para a minha casa
Borrife areia em meus olhos
E nunca mais me acorde

O pão de cada dia torna as bochechas vermelhas
O garoto vive em grande miséria
Ele já gritava com seus pulmões doloridos
A fome queima na boca das crianças

O pão de cada dia torna as bochechas vermelhas
Mas todo mundo senta em seus próprios barcos
Eu irei mostrar a vocês agora o que é riqueza
Em um país que esquece a sua ninhada

Homem de Areia, Homem de Areia
Desligue as luzes
A verdade é cruel
Então mande-me um sonho

Homem de Areia, Homem de Areia
Venha para a minha casa
Borrife areia em meus olhos
E nunca mais me acorde

Composição: Heino Gaze / Christian Wolff / Chris Buseck
Enviada por Bernardo e traduzida por Letícia. Legendado por CRISLAYNE. Revisões por 3 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Oomph!

Ver todas as músicas de Oomph!