Osíris (part. Sain)

Nectar Gang

Dia após o outro e ainda bem
Na vida que levo já vi mais de cem
Por aí, cair, sem se esquivar, não, e de onde vem
Toma nas costas uma pergunta
Sem direito de resposta, eu
Sem direito minhas apostas
Prioridadae para o que me mantém vivo
Atividade para que não me matem. Vim, vou
De onde pessoas viram peneira
Mas me penso no futuro, presente me presenteia
Fogueiras, com jóias no pulso longe de algemas
A vida pode ser uma puta, no entanto que ela gema bem
E agrade meus ouvidos, tipo um coral de anjos
Regido por bandidos, é que esse mundo

Não tem sentido até o rei foi corrompido
Bem vindo à cidade que engole teus sonhos
Que se foda o que tu tá sentindo
E não há nada com que faça que ela mude, se camufle
Leio mentes, e atitudes

Sem sabe pensar, saber sem agir
Sem saber praticar, sem visão de tática
O meu bonde fica, largado há vinte dias
Quando chega a quarentena, o alarme, toca, gira
Quem não vê não visa, até desacredita
Vagabundo fica, perdido na vida
Tenta, se alucina, tá jogado
Mais um condenado que rodou de bucha na esquina

Cada um sabe qual que é da correria
Sempre a mesma fita, o trabalho me chama
Passar umas grama, ficar com o bolso cheio
Chega final de semana, minhas potranca na cama
Com a mente afoita, cria manipula
Na mira dos cana busca fuga
Acredito que, seja bem assim
Nectalobacilos vivos, sigo invicto

Pirâmides e Esfinges aguçam a visão
Piranhas e virgens trazem confusão
Sigo sem chefe, sigo sem líder
Sigo sem leis, sigo sem regra
Foda-se !

Deixa o inverno chegar, o ciclo é assim
O que faz o mundo girar, é o vício pelo din
Tu vê maldade pelo ar, e o meu blindão cuida de mim
É porque eu vim do TTK
E por isso eu mando assim ó, se panguar é sem dó
Vai tombar no efeito dominó
To ciente do jogo então que vença o melhor
Já que é fogo contra fogo desde que eu sou menor
Os alma se perdendo por mulher e pó
Os cara se rendendo pra não morrer só
O mundo caminhando pro pior e tu gostando é
O doce veneno do Faraó

Andar pra trás aqui é fricção, eu
Tô na febre tipo infecção
Ser derrotado é ficção
E nenhum mal mais nos atinge, então
Me responda se puder qual é o enigma da esfinge
Osíris me espera do outro lado
Hórus me cega, Isis me trai
Venha a nós o vosso Reino
Atravesso o mar vermelho sem cajado

Não sei ao exato se a vida é a vera ou só um treino
Entre vários que virão ofuscar minha visão
Entre muitos que visam, entre poucos que serão
E o resto que ficam, só querem atenção
To vivendo e to vivão, então aprende a lição
Aqui é uma região onde, uma legião sem religião
Nectagang tamo na função
Pros mano aqui, que a filosofia não venha testar minha fé
Se prepara pois o lema dessa gangue é

Enviada por Euler. Revisão por Lucas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Nectar Gang

Ver todas as músicas de Nectar Gang