Muito Prazer

Pocah

Não vou fazer nada que você não queira
Vou te provocar até você querer
Abre a boca e fecha os olhos
Tenho uma surpresa
Pode confiar, não vai se arrepender

Vou botar na tua boca, uma coisa louca
Você vai sentir o gosto do prazer
Vou fazer devagarinho, daquele jeitinho
Em câmera lenta, aquele macetin, assim

Oh
Uh, la, la, uh
La, la, uh
La, la, uh
La, la

Uh, la, la, uh
La, la, uh
La, la, uh
La, la

Uh, la, la, uh
La, la, uh
La, la, uh
La, la

Uh, la, la, uh
La, la, uh
La, la, uh
La, la

Hey, yo
Muito prazer, sou a Pocah
Aquela que te deixa louca
Gostou do que eu faço com a raba?
Imagina o que eu faço com a boca
Te quero de lado, de frente, de costa
Quando eu te pedir você bota, bota
Sou a pergunta, você a resposta
Então fala pra mim: Tu gosta, não gosta?

Bota essa língua pra trabalhar
Saliva foi feita pra lambuzar
Primeiro começa beijando a peça
Pra que tanta pressa pra chegar lá?
A gente sozinho dá merda
Mas é uma delícia, admito
Uma foda sincera é gostosa
Agora imagina comigo
(Ai, imaginou?)

Não vou fazer nada que você não queira
Vou te provocar até você querer
Abre a boca e fecha os olhos
Tenho uma surpresa
Pode confiar, não vai se arrepender

Vou botar na tua boca, uma coisa louca
Você vai sentir o gosto do prazer
Vou fazer devagarinho, daquele jeitinho
Em câmera lenta, aquele macetin, assim

Oh
Uh, la, la, uh
La, la, uh
La, la, uh
La, la

Uh, la, la, uh
La, la, uh
La, la, uh
La, la

Uh, la, la, uh
La, la, uh
La, la, uh
La, la

Uh, la, la, uh
La, la, uh
La, la, uh
La, la

Composição: André Vieira / Martins / Pedro Breder / Raphael Klismman / Wallace Vianna
Enviada por Andrew.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog