Apanhador de Sonhos

MC Mestiço

Eu sonhava em combater o mal
Garoto prodígio, o batman que cê sonha não é real
O papai noel sim, é o herói verdadeiro
Pra te vender refri, ele se veste de vermelho
Não to reclamando da vida, ora bolas
Só que nesse jogo eu sempre fui bola fora
Não era o escolhido, foda-se o digivaice
Deus é mais, eu não vou morrer mendigando likes
Nunca quis bicicleta ou vídeo game
Agora eu tenho mundo na mão igual kanye
West, é bang bang, que nem faroeste
Eu podia matar todo mundo se eu quisesse
Vocês não entendem, essa é a treta
A diferença entre eu e eles é que eu peguei a caneta
A linha é tênue, como um equilibrista no topo
Se eu ficar vou ser gênio, se eu cair vou ser louco

Eles queriam ser reis
Eu só queria ter paz
Esperei minha vez
Até minha vez não valer mais

E todo ódio que eu tinha
Nasceu poesia
E todo sonho que eu tinha
Morreu com a hipocrisia

Não tinha dublê nas cenas de ação, que dó
Eu apanhei por ser menor, mas não bati por ser maior
Corre forest gump, corre
E a única história que contei, foi que tinha batido no poste
Pedalei até roubarem meu direito de ir e vir
Era muleque mas sabia que o governo agia ali
Compro, eles roubam, eles vão preso, compro de novo
Ninguém vê, mas o capitalismo ganha de todos
Isso eu tinha 13, agora tenho 23
Antes boletim, agora é holerite no final do mês
Antes não fazia a barba, agora não faço também
Antes queria ser o batman, agora quero ser bruce wayne
Eu tinha papel e caneta, eles tinham pedras
Eles tinham muita raiva, eu só tinha ideias
As pessoas boas devem amar seus inimigos
Diz isso pra quem apanha todo dia sem motivo

Eles queriam ser reis
Eu só queria ter paz
Esperei minha vez
Até minha vez não valer mais

E todo ódio que eu tinha
Nasceu poesia
E todo sonho que eu tinha
Morreu com a hipocrisia


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de MC Mestiço

Ver todas as músicas de MC Mestiço