Vilão

MC Menor da VG

[MC MENOR DA VG]
Já pensou quantos menor tem na loja
Vê se a porra do governo se importa
De 12 à 17 moleque mó breque
Tem bala na agulha e tá no ódio

Passou necessidade, mano é foda
Passou pela FEBEM e se revolta
Hoje ele promete, no funk no rap
Vai buscar o seu lugar no pódio

De robô ele roleta a favela
Vai cortando becos e vielas
E tomando a cena de assalto
Deixando o olho gordo pousado

Hoje eu vou levar a morena mais bela
Não quero provar nada pra ela
Mas sei que ela não desce do salto
E não assume seus atos

É que antigamente era eu
E agora atualmente é ela
Que tá apaixonada no vilão
E tá toda gamada no favela

Hoje eu tô em outra dimensão
É papo de ser fora do normal
Agora elas procura, leva não
Porque o moleque é bandido mal

É que antigamente era eu
Agora atualmente, é ela
Que tá apaixonada no vilão
E tá toda gamada no favela

Hoje eu tô em outra dimensão
É papo de ser fora do normal
Agora elas procura, leva não
Porque o moleque é bandido mal

[MC KEVIN]
Quem diria o menor lá da biqueira
Arriscando sua vida atrás de um ganha pão
Dois mil e dez sem comida na geladeira
Passou dez anos é vinte e vinte de navão

Olha a foto da 900 vermelha
Ela é sem placa e lacra a combinação
A bike que antes tava sem pedaleira
É uma Porsche blindada

Agora na minha reta se tentar volta de ré
Comédia comigo não arruma nada
Eu vim da favela, não paga de Zé Mané
Patati e Patata da quebrada

Vim de uma conduta, aprendi muito na rua
Fui julgado, tirado e humilhado
Quem me invejava hoje me atura ou surta
Quem diria, MC estourado

Smoking, Young e Money ganhando dinheiro
Tudo que nóis consome não vai acabar
O pior já passou, acabou meu veneno
Demorou mas a hora teve que chegar

Dona Val obrigado, sou filho de preto
Aceite, o que passamos hoje é o mar
Eu vou levando a vida sempre do meu jeito
Meu sapato de humildade me faz caminhar

Meu sapato de humildade me faz caminhar
Não vai acabar

Quem diria

[MC MENOR DA VG]
É que antigamente era eu
Agora atualmente, é ela
Que tá apaixonada no vilão
E tá toda gamada no favela

Hoje eu tô em outra dimensão
É papo de ser fora do normal
Agora ela procura, leva não
Porque o moleque é bandido mal

Hoje eu tô em outra dimensão
É papo de ser fora do normal
Agora ela procura, leva não
Porque o moleque é bandido mal


Posts relacionados

Ver mais no Blog