Pátria Minas / Imaculada

Marcus Viana

Pátria,
Pátria é o fundo do meu quintal.
É Broa de milho,
E o gosto de um bom café.

Pátria,
É cheiro e colo de mãe.
É roseira branca,
Que a vó semeou no jardim.

Se o mundo é grande demais,
Sou carro de boi,
Sou canção e paz,
Sou montanha entre a terra e o céu,
Sou Minas Gerais.

São águas, montanhas e um fogão a lenha,
A cerâmica e o canto do Jequitinhonha;
São igrejas, são minas;
É o barroco, é Ouro Preto;
É maria fumaça.
Êta trem bão mineiro!

Diamantina, Caraça, Gruta de Maquiné,
Cascadanta caíndo, Congonhas do Campo,
São João Del Rei, Sabará, Tiradentes,
Igrejinha da Pampulha,
Minha Belo Horizonte.

Se o mundo é grande demais,
Sou carro de boi,
Sou canção e paz,
Sou caminho entre a terra e o céu,
Sou Minas Gerais.

Composição: Marcus Viana
Enviada por Erodiana. Legendado por Sissili. Revisão por Pedro.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Marcus Viana

Ver todas as músicas de Marcus Viana