Daquele Jeito

Maneva

É fim de tarde, eu tô daquele jeito
Sem pressa, bem calmo, direito
Tô devagar, eu tô sem maldade
Pirando, descalço, à vontade
Na calçada de casa, vendo a bola rolar
De longe observo você chegar
Cabelo ao vento, reparo no seu andar

Fico sem jeito
Porque eu sei do seu preconceito
Com moleque maloqueiro
Que só quer pirar
Com moleque maloqueiro
Que só quer cantar
Perna doendo por causa do futebol
Olho vermelho por causa do Sol

Sou moleque maloqueiro
Que só quer pirar
Sou moleque maloqueiro
Que só quer cantar
Perna doendo por causa do futebol
Olho vermelho por causa do Sol
Sou moleque maloqueiro
Que só quer pirarÉ fim de tarde, eu tô daquele jeito
Sem pressa, bem calmo, direito
Tô devagar, eu tô sem maldade
Pirando, descalço, à vontade
Na calçada de casa, vendo a bola rolar
De longe observo você chegar
Cabelo ao vento, reparo no seu andar

Fico sem jeito
Porque eu sei do seu preconceito
Com moleque maloqueiro
Que só quer pirar
Com moleque maloqueiro
Que só quer cantar
Perna doendo por causa do futebol
Olho vermelho por causa do Sol

Sou moleque maloqueiro
Que só quer pirar
Sou moleque maloqueiro
Que só quer cantar
Perna doendo por causa do futebol
Olho vermelho por causa do Sol
Sou moleque maloqueiro
Que só quer pirar

Composição: TALES DE POLLI
Enviada por Ana. Legendado por Laynne. Revisões por 3 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Maneva

Ver todas as músicas de Maneva