Cadeira

Luan Costa

Sentei em minha cadeira e o futuro disse pra mim que
Não existirá o amanhã
Falou que não consigo, não posso, não sei
Que parte de mim foi roubada

Parei no sinal e a experiência cansada ofereceu de si
Seus olhos cansados
Ombros abaixo do seu próprio amor
Expressando tristeza e dor

Não é o teu dinheiro que eu quero, não são as tuas luzes
Eu quero os teus ouvidos para me ouvir
Porque no fundo eu bem sei que só
O amor é que vai me mostrar que depois
Ali na frente ainda existe esperança
Existe um futuro pra eu poder viver também

Composição: Luan Costa
Enviada por Luan.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Luan Costa

Ver todas as músicas de Luan Costa