Che Sogno Incredibile (part. Emma)

Loredana Bertè

Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

Che Sogno Incredibile (part. Emma)

Questa volta te lo leggo negli occhi
Mentre una canzone scende le scale
Ci guardiamo come non fanno gli altri
E ci piace se la notte rimane come un velo di seta

Sulla pelle che somiglia alla creta
E poi spero che nessuno ci veda
Niente male per due come noi
Che neanche stanno insieme

E se ti dico una bugia tu non ridere
Non dimenticare mai, non mi uccidere
Per trovarti girerei mille isole
Solo per sfiorarti ancora

Che sogno incredibile i tuoi occhi
Misteriosi come quei sospiri sulle labbra
Portati via dal vento
Stasera chissà dove sei
Faccio a pugni coi pensieri miei

Guardo il mare poi un po' mi ci perdo
E allora che sogno incredibile i tuoi occhi
Questa volta forse ne usciamo a pezzi
Ci insultiamo in un messaggio vocale
Tanto poi torniamo sui nostri passi
E scappiamo dallo stesso locale

Dall'uscita sul retro
La luce passa dalla porta di vetro
Restiamo al buio eppure ancora ti vedo
Niente male per due come noi
Che neanche stanno insieme
Che sogno incredibile i tuoi occhi
Misteriosi come quei sospiri sulle labbra

Portati via dal vento
Stasera chissà dove sei
Faccio a pugni coi pensieri miei
Guardo il mare poi un po' mi ci perdo
Mal di testa oggi ne so, dall'autoradio segna l'ora

Questa notte siamo solamente noi per strada
E non dire che sono stata sempre io a decidere
L'amore porta guai, solo ghiaccio niente lime
Sempre tutto da rifare, come te nessuno mai
Non dimenticare mai, non mi uccidere

Se ti dico una bugia tu non ridere
Che sogno incredibile i tuoi occhi
Misteriosi come quei sospiri sulle labbra
Portati via dal vento
Stasera chissà dove sei
Faccio a pugni coi pensieri miei

Guardo il mare poi un po' mi ci perdo
E allora che sogno incredibile i tuoi occhi
E allora che sogno incredibile i tuoi occhi
Che sogno incredibile i tuoi occhi

Que sonho incrível (parte. Emma)

Desta vez posso ver nos seus olhos
Enquanto uma música desce as escadas
Nós nos vemos como os outros não
E gostamos que a noite continue como um véu de seda

Na pele que parece argila
E então espero que ninguém nos veja
Nada mal para dois como nós
Eles nem mesmo ficam juntos

E se eu te contar uma mentira, não ria
Nunca se esqueça, não me mate
Para te encontrar, eu percorreria mil ilhas
Só para te tocar de novo

Que sonho incrível são seus olhos
Misterioso como aqueles suspiros nos lábios
Levado pelo vento
Esta noite quem sabe onde voce esta
Eu luto contra meus pensamentos

Eu olho para o mar então me perco nele por um tempo
Então, que sonho incrível são seus olhos
Desta vez, talvez possamos sair em pedaços
Nós nos insultamos em uma mensagem de voz
Então, nós refazemos nossos passos
E nós fugimos do mesmo lugar

Da saída traseira
A luz passa pela porta de vidro
Continuamos no escuro e ainda vejo você
Nada mal para dois como nós
Eles nem mesmo ficam juntos
Que sonho incrível são seus olhos
Misterioso como aqueles suspiros nos lábios

Levado pelo vento
Esta noite quem sabe onde voce esta
Eu luto contra meus pensamentos
Eu olho para o mar então me perco nele por um tempo
Dor de cabeça hoje eu sei, pelo rádio do carro ele fala as horas

Esta noite somos só nós na rua
E não diga que sempre fui eu quem decidiu
O amor traz problemas, só gelo sem limão
Sempre tudo para ser refeito, como você, ninguém nunca
Nunca se esqueça, não me mate

Se eu te contar uma mentira, não ria
Que sonho incrível são seus olhos
Misterioso como aqueles suspiros nos lábios
Levado pelo vento
Esta noite quem sabe onde voce esta
Eu luto contra meus pensamentos

Eu olho para o mar então me perco nele por um tempo
Então, que sonho incrível são seus olhos
Então, que sonho incrível são seus olhos
Que sonho incrível são seus olhos


Posts relacionados

Ver mais no Blog