Original Tradução Original e tradução
Ghost

Whenever I called you
I couldn't say
It was only yesterday
And yesterday's so far away
What's the ETA?

Don't tell me you need me
I am estranged
And I'm over-aged
The trouble it may be
There's still a part of me
That has to know
What you have to say

On and on we go
Always with the ghosts of us in tow
Stuck somewhere between a friend and foe
Round and round we go

Oh, round and round again
Looking for a life beyond the end
Lost somewhere between a foe and friend
Round and round again

I should have told you
Yes, I'm to blame
Oh, I took the blame
Turned it into this serenade
Oh, the mess I've made

And I should have warned you
What was in store
But I was so so sure
I wasn't haunted anymore
Not forevermore

On and on we go
Always with the ghosts of us in tow
Stuck somewhere between a friend and foe
Round and round we go

Oh, round and round again
Looking for a life beyond the end
Lost somewhere between a foe and friend
Round and round again

On and on we go
Always with the ghosts of us in tow
Stuck somewhere between a friend and foe
Round and round we go

Oh, round and round again
Looking for a life beyond the end
Lost somewhere between a foe and friend
Round and round again

Fantasma

Sempre que eu te ligava
Não podia dizer
Foi apenas ontem
E o ontem está tão distante
Quanto tempo falta para você chegar?

Não diga que precisa de mim
Eu estou distante
E estou madura
O problema talvez seja
Que ainda há uma parte de mim
Querendo saber
O que você tem a dizer

Seguindo, nós vamos
Sempre com nossos fantasmas no reboque
Presos em algum lugar entre algum amigo e inimigo
Dando voltas e voltas, nós vamos

Oh, dando voltas e voltas de novo
Olhando para uma vida depois do fim
Perdidos em algum lugar entre um inimigo e amigo
Dando voltas e voltas de novo

Eu devia ter te avisado
Sim, sou a culpada
Oh, eu peguei a culpa
E transformei nessa serenada
Oh, a confusão que eu fiz

Eu devia ter te alertado
Sobre o que estava guardado
Mas eu tinha tanta, tanta certeza
Que não seria mais assombrada
Não para sempre

Seguindo, nós vamos
Sempre com nossos fantasmas no reboque
Presos em algum lugar entre algum amigo e inimigo
Dando voltas e voltas, nós vamos

Oh, dando voltas e voltas de novo
Olhando para uma vida depois do fim
Perdidos em algum lugar entre um inimigo e amigo
Dando voltas e voltas de novo

Seguindo, nós vamos
Sempre com nossos fantasmas no reboque
Presos em algum lugar entre algum amigo e inimigo
Dando voltas e voltas, nós vamos

Oh, dando voltas e voltas de novo
Olhando para uma vida depois do fim
Perdidos em algum lugar entre um inimigo e amigo
Dando voltas e voltas de novo

Enviada por Del e traduzida por Larissa.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Lianne La Havas

Ver todas as músicas de Lianne La Havas