Barbacena

K o d a

Eu não vejo um caminho a seguir
A felicidade me faz falta aqui
Bem aqui

Então, afundo minhas magoas em um copo?
Desgasto todos os meus ossos
Poços de cansaço, vejo a vida
Mas eu ela não me enxerga como deveria ser

Faz transparecer, que a dor sirva de mínimo conforto ao coração
Mas um coração que espera o alento que demonstre um pouco de compaixão
Que demonstre um pouco de compaixão
Que demonstre um pensamento são

Eu vejo um mundo pela janela
Vista bela, quem me dera estar la
Parece impossível de alcançar
A única saída é me matar

Quantas vezes eu me pego a pensar
Quando será que ele irá voltar?
Já faz horas, dias, semanas e anos
Que eu espero o senhor vim me buscar
Que eu espero o senhor vim me buscar
O meu pai me esqueceu nesse lugar
O meu pai me esqueceu nesse lugar

Então, afundo minhas magoas em um copo?
Desgasto todos os meus ossos
Poços de cansaço, vejo a vida
Mas eu ela não me enxerga como deveria ser

Faz transparecer, que a dor sirva de mínimo conforto ao coração
Mas um coração que espera o alento que demonstre um pouco de compaixão
Que demonstre um pouco de compaixão
Que demonstre um pensamento são

Composição: K o d a
Enviada por Ana.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog