Everyone

Jonathan Davis

Original Tradução Original e tradução
Everyone

I walk into this place cause I need help
See they don't want me cause I'm not like them
They don't like me cause I frighten them
They don't want me cause I'm not like them

Live the lies of a priest of the Son
Of the God that has gone and left us idle
Perfect crimes of the church of the lamb
That has left at the stake for its survival
At the wind of the wings of the man
At his heart that is hard to educate you
You're so blind full of faith for the Son
That you choose to ignore for the gate, everyone

I fall quick from grace, if I don't pay them
They won't let me in if I disobey them
They don't like me 'cause I frighten them
They don't want me 'cause I'm not like them

Live the lies of a priest of the Son
Of the God that has gone and left us idle
Perfect crimes of the church of the lamb
That has left at the stake for its survival
At the wind of the wings of the man
At his heart that is hard to educate you
You're so blind full of faith for the Son
That you choose to ignore for the gate, everyone

Look at them, they really need me
One more soul assimilated
Silent judgement feeds the now
One more soul is never-ending
Thus control your free thinking
Questions are never allowed

What makes you so pure?
Wanting this, obscure
I will never bow down
Bow down

Live the lies of a priest of the Son
Of the God that has gone and left us idle
Perfect crimes of the church of the lamb
That has left at the stake for its survival
Its survival
Its survival

Everyone, everyone
Its survival
Everyone, everyone

Todos

Eu entro neste lugar porque preciso de ajuda
Veja eles não me querem porque eu não sou como eles
Eles não gostam de mim porque eu os assusto
Eles não me querem porque eu não sou como eles

Viva as mentiras de um padre do Filho
Do Deus que se foi e nos deixou ociosos
Crimes perfeitos da igreja do cordeiro
Isso foi deixado na estaca para sua sobrevivência
Ao vento das asas do homem
Em seu coração é difícil educar você
Você é tão cego, cheio de fé para o Filho
Que você escolhe ignorar pelo portão, todo mundo

Eu caio rapidamente da graça, se eu não os pagar
Eles não me deixam entrar se eu desobedecê-los
Eles não gostam de mim porque eu os assusto
Eles não me querem porque eu não sou como eles

Viva as mentiras de um padre do Filho
Do Deus que se foi e nos deixou ociosos
Crimes perfeitos da igreja do cordeiro
Isso foi deixado na estaca para sua sobrevivência
Ao vento das asas do homem
Em seu coração é difícil educar você
Você é tão cego, cheio de fé para o Filho
Que você escolhe ignorar pelo portão, todo mundo

Olhe para eles, eles realmente precisam de mim
Mais uma alma assimilada
Julgamento silencioso alimenta o agora
Mais uma alma é interminável
Assim, controlam seu pensamento livre
Perguntas nunca são permitidas

O que te faz tão puro?
Querendo isso, obscuro
Eu nunca vou me curvar
Curvar

Viva as mentiras de um padre do Filho
Do Deus que se foi e nos deixou ociosos
Crimes perfeitos da igreja do cordeiro
Isso foi deixado na estaca para sua sobrevivência
Sua sobrevivência
Sua sobrevivência

Todo mundo, todo mundo
Sua sobrevivência
Todo mundo, todo mundo

Composição: Jonathan Davis
Enviada por Renato e traduzida por Jéssica. Revisão por Renato.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Jonathan Davis

Ver todas as músicas de Jonathan Davis