Eclipse total del amor

Jon Secada

Original Tradução Original e tradução
Eclipse total del amor

Mírame...
de vez en cuando siento que me estás olvidando
y que no regresarás
Mírame...
de vez en cuando pienso que ya estoy muy cansada
de estar sola y de escucharme llorar
Mírame...
de vez en cuando miro atrás
y veo con miedo
lo mejor de nuestros años correr
Mírame...
de vez en cuando quiero escaparme
y tu mirada me envuelve
y me vuelvo a perder
Mira mis ojos...
de vez en cuando siento enloquecer
mira mis ojos
de vez en cuando siento enloquecer
Mírame...
de vez en cuando sueño con alguna locura
y no quiero despertar
Mírame...
de vez en cuando miento cuando buscas mis ojos
y preguntas cmo estás
Mírame...
de vez en cuando muero de rabia y de celos
pero nunca te lo dejo saber.
Mírame...
de vez en cuando quiero escaparme
y tu mirada me envuelve y me vuelvo a perder
Mira mis ojos...
de vez en cuando siento enloquecer
mira mis ojos...
de vez en cuando siento enloquecer
Y esta noche quiero más
que me abraces fuertemente
que en tus brazos soñaré
que el amor es para siempre.
que en penumbras un rayo de luz
nos envuelva a los dos.
vivimos atrapados en un juego de azar
tu amor es una sombra para mi libertad.
ya nada puedo hacer y no logro escapar
de un fuego sobre pólvora que puede estallar
y así te tengo que amar
el tiempo acaba de empezar
el tiempo no terminará
Erase una vez una historia feliz
y ahora es solo un cuento de horror
ya nada puedo hacer,
eclipse total del amor
erase una vez una hazaña vivir
y ahora ya no tengo valor
nada que decir,
eclipse total del amor...
Mira mis ojos...
de vez en cuando siento enloquecer
mira mis ojos...
de vez en cuando siento enloquecer
Y esta noche quiero más
que me abraces fuertemente.
que en tus brazos soñaré
que el amor es para siempre.
que en penumbras un rayo de luz
nos envuelva a los dos.
vivimos atrapados en un juego de azar
tu amor es una sombra para mi libertad.
ya nada puedo hacer y no logro escapar
de un fuego sobre pólvora
que puede estallar...
y así te tengo que amar
el tiempo acaba de empezar
el tiempo no terminará
Erase una vez una historia feliz
y ahora es solo un cuento de horror
ya nada puedo hacer,
eclipse total del amor.
erase una vez una hazaña vivir
y ahora ya no tengo valor.
nada que decir,
eclipse total del amor...
eclipse total del amor...
eclipse total del amor...
mira mis ojos...
mira mis ojos...
mírame...

Eclipse Total do Amor

Me olhe
De vez em quando sinto que está me esquecendo
E que não voltará
Me olhe
De vez em quando penso que estou muito cansada
De estar sozinha e de me escutar chorar
Me olhe
De vez em quando olho pra trás
E vejo com medo
O melhor de nossos anos correr
Me olhe
De vez em quando quero me escapar
E seu olhar me envolve
E volto a me perder
Me olhe nos olhos
De vez em quando sinto enlouquecer
Me olhe nos olhos
De vez em quando sinto enlouquecer
Me olhe
De vez em quando sonho com alguma loucura
E não quero acordar
Me olhe
De vez em quando minto quando busca meus olhos
E pergunta como está
Me olhe
De vez em quando morro de raiva e ciúmes
Mas nunca te deixo saber
Me olhe
De vez em quando quero me escapar
E seu olhar me envolve e volto a me perder
Me olhe nos olhos
De vez em quando sinto enlouquecer
Me olhe nos olhos
De vez em quando sinto enlouquecer
E está noite quero mais
Que me abrace fortemente
Que em seus braços sonharei
Que o amor é para sempre
Que em sombras um raio de luz
Envolve nós dois
Vivemos presos em jogo de azar
Seu amor é uma sombra para minha liberdade
Já nada posso fazer e não consigo escapar
De um fogo sobre pólvora que pode explodir
E assim tenho que te amar
O tempo acaba de começar
O tempo não terminá
Era uma vez uma história feliz
Agora é só um conto de terror
Já nada posso fazer
Eclipse total do amor
Era uma vez uma estranha a viver
E agora já não tenho valor
Nada que dizer
Eclipse total do amor
Me olhe nos olhos...
De vez em quando sinto enlouquecer
Me olhe nos olhos
De vez em quando sinto enlouquecer
E está noite quero mais
Que me abrace fortemente
Que em seus braços sonharei
Que o amor é para sempre
Que em sombras um raio de luz
Envolve nós dois
Vivemos presos em um jogo de azar
Seu amor é uma sombra para minha liberdade
Já nada posso fazer e não consigo escapar
De um fogo sobre pólvora
Que pode explodir
E assim tenho que te amar
O tempo acaba de começar
O tempo não termina
Era uma vez uma história feliz
E agora é só um conto de terror
Já nada posso fazer
Eclipse total do amor
Era uma vez uma estranha viver
E agora já não tenho valor
Nada que dizer
Eclipse total do amor
Eclipse total do amor
Eclipse total do amor
Me olhe nos olhos
Me olhe nos olhos
Me olhe

Enviada por Emili. Revisão por Danila.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog