Espelho

Jade Baraldo

Espelho, espelho meu
Quem sou eu?
Quem sou eu?

Eu olho pra vocês e penso
Na hipocrisia
No que andam escondendo
Pretexto ou demagogia?
Serão a inspiração pro texto
É o manifesto, dos que se reinventaram
E mudaram, igual magia
O mundo é Black Mirror, CIA
Estudo rap, JAVA e VR
E trato o tempo, tato, vento
Como minha filosofia

Os do contra
Contra os cria
Ninguém me compra!
E nada contra aos que também nem elogia

Eu não me adapto
A esse cronograma frio
Nem faço pacto
Rápido, gentil
Buscando inspiração intacto

Só habito nos sonhos mais insólitos
Sim, códigos aos metódicos
Abstrato!

Banho pra me benzer
Vela pra me curar
Visto o que me couber e entrego pro mar
Vela pra me acender
Banho pra me lavar
Canto se precisar
Meu grito ecoa no teu lar

É a anestesia coletiva
Priva! Siga cada pegada
Rumo a toca do coelho branco bêbado que indaga
E pede calma
Entende enfim o porquê
A dinâmica do trauma?!
Em cada mundo do indivíduo
Um universo que te salva!
Em cada telhado de vidro
Alguém precisa ser seguido
Entende esse equilíbrio
É não falar!
Sempre, sobre ser ouvido
Eu brigo pelo que convém
Pra mim
Amigo, eu sei faz bem, pra mim
Consigo entender nota de 100
200, não consigo

Espelho, espelho meu
Quem sou eu?
Quem sou eu?

Eu olho pra você

Composição: Bian / Bruno Costa / Jade Baraldo / ProdRusso / SPVIC / U.GOT
Enviada por Agência.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Jade Baraldo

Ver todas as músicas de Jade Baraldo