Saulo

Genaiene

Saulo recebeu autoridade do palácio
Para perseguir todos os cristãos
Autoridade pra matar, massacrar e assassinar
E acabar aonde tivesse uma reunião
E a soberba, arrogância e prepotência foi crescendo
Pois de fato tinha ordem pra matar
E um dia ele soube que em damasco tinha culto
E foi lá para o culto acabar!
Ai eu imagino saulo em cima de um cavalo muito valente
Ai eu canto assim ó!

E lá vem saulo todo soberbo
Enfurecido, pra damasco ele vai
E no caminho, uma luz aparece
A vista escurece e o valente cai
Quem és senhor? Pergunta saulo
E ele escuta no meio da luz
Eu sou aquele que tu persegues
Sou o dono da igreja, eu sou Jesus

Valente só é valente até o Jesus dos crentes se apresentar a ele
Fica cego, dominado
Cai no chão ajoelhado e diz que o fraco agora é ele
Não sei se aqui nesse lugar alguém tentou se levantar
Pra impedir a igreja
Se é contra nós é um fiasco
No caminho de damasco
Jesus vence a peleja

Jesus amarra o valente
O valente agora é crente
Vai vir pro meio da gente
Já começou a orar
Quando o Jesus dos crentes se encontra com o valente
Grandes coisas ele faz
Tem um mistério nesse povo
Não se atreva nunca mais
Somos geração eleita
O povo mais feliz da terra
Somos queridinhos do pai

Composição: Samuel Mariano
Enviada por Cryss.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Genaiene

Ver todas as músicas de Genaiene