Circle Game

Galileo Galilei

Original Tradução Original e tradução
Circle Game

Wasurenagusa ga saku koro ni hanabira no iro omoidasu
Shizuka na me wo shita ano ko to takaku sora ni nobotte yuku yume

Hikoukigumo wo hinata ni egaku roketto booizu to
Nagamete warau toppyou shi no nai jiai wo mune ni daku gaaruzu
Toki wa guruguru sonna bokura mo minna inaku natte
Ozanari ni naru kurai memagurushii hibi ni setsunaku naru

Itsuka mata koko de ne
Sayonara no koe ga itsu made mo hibiite
Senaka wo osu koto mo naku bokura wo tsunaida

Aimai na koto mo tanjun na koto mo minna irotsuite yuku
Kotoba ni naranai kono kusubutta kimochi dakishimete itai yo
Aimai na koto mo tanjun na koto mo minna onaji datte
Bokuta no uta kono mune no mannaka de hana wo sakasete iru

Kakedashita hitori no gogo
Daare mo inai machi wo kuguri
Mawaru asobi kara ichi nukete
Kimi no koto wo omoide ni shite shimau

Saakuru geemu wo tsudzukete
Boku wa inotte kimi wa utau
Kienai maboroshi wo kanaeyou
Dakara inotte boku wa utau

Saakuru geemu wo tsudzukeyou
Bokura wa hanete omomi wo shiru
Kawaru yorokobi ya kanashimi wo
Koko de inotte uta ni shite mitari suru

Yatto mata aeta ne
Natsukashii kimi no koe ga suru
Kidzukeba bokura wa chuu ni ukabiagatte
Toki ni oiyarare

Aimai na koto mo tanjun na koto mo minna hanabira no you
Tadayoinagara sora wo mawatte iru dake furikaeranai de
Kaze ni hakobareta wasurenagusa ga minna oikoshite yuku
Bokura no uta zutto saki ni ano iro no hana wo sakasete iru

Ciranda

As Não-Me-Esqueça florescem e me lembro das cores de suas pétalas
Um dia voaram com aquela garota e tudo foi como um sonho

Naquele céu azul os meninos desenhavam estrelas
Enquanto as meninas observavam e sorriam acumulando amor em seus corações
O tempo gira e gira e todos fomos embora
Passando os dias tão ocupados
que nos tornamos apáticos e caímos no desespero

Nos vemos aqui algum dia
A voz dizendo adeus ecoa para sempre
Não nos empurra para frente, mas nos conecta

As coisas ambíguas e as simples, todos temos cor
Quero abraçar esses sentimentos que não podem ser expressados com simples palavras As coisas ambíguas e as coisas simples, todos somos iguais
Nossa canção florescerá como uma flor dentro de nossos corações

Eu estava caminhando uma tarde sozinho
Corri pela cidade desabitada
Eu sai da ciranda
E acabei me lembrando de você

Começou a ciranda
Vou rezar, você cantar
Para que ninguém possa esquecer
Então reze e eu canto

Começou a ciranda
Vamos todos pular juntos
Para transformar a tristeza em alegria
Vamos fazer desta oração uma canção

Finalmente nos encontramos de novo
Ouço sua voz familiar
Quando percebemos um beijo emergiu
Desprezando o tempo

As coisas ambíguas e as simples, todos somos pétalas flutuando e girando no céu,
sem olhar para trás
E as Não-Me-Esqueça voam pelo céu, se vão e deixam todos para trás
Nossa canção permanecerá como uma flor florescendo em nossos corações para sempre

Composição: Galileo Galilei
Enviada por Brayan e traduzida por Sah. Legendado por Laura.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Galileo Galilei

Ver todas as músicas de Galileo Galilei