Teus Olhos

Gabriel Diniz

Eu fico olhando o tempo, vendo as horas se passar
Quanto mais eu tento, saudade me dá
Me dói por dentro
Às vezes até parece que eu saio de mim
Mas é meu pensamento que vai te buscar
Mais veloz que o vento

Ah, se teus olhos pudessem ver
Que na minha mente só dá você
Mas quando é noite te chamo e choro
Daria a minha vida pra te ver

Ah, se teus olhos pudessem ver
Que na minha mente só dá você
Mas quando é noite te chamo e choro
Daria a minha vida pra te ver

E assim meus dias vão
E essa saudade não passa
Pra não morrer de paixão
E o mundo não desabar

E aí eu canto uma canção
Pra minha solidão disfarçar
É a solução pro meu coração não chorar

E aí eu canto uma canção
Pra minha solidão disfarçar
É a solução pro meu coração não chorar

Lê, lê, lê, lê
Lê, lê, lê, lê
Lê, lê, lê, lê
Lê, lê, lê, lê

Ah, se teus olhos pudessem ver
Que na minha mente só dá você
Mas quando é noite te chamo e choro
Daria a minha vida pra te ver

Ah, se teus olhos pudessem ver
Que na minha mente só dá você
Mas quando é noite te chamo e choro
Daria a minha vida pra te ver

E assim meus dias vão
E essa saudade não passa
Pra não morrer de paixão
E o mundo não desabar

E aí eu canto uma canção
Pra minha solidão disfarçar
É a solução pro meu coração não chorar

E aí eu canto uma canção
Pra minha solidão disfarçar
É a solução pro meu coração não chorar

Composição: Gabriel Diniz / Barros Neto
Enviada por hercules. Revisões por 4 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog