Deixar a Lágrima Rolar (part. Fernanda Brum)

Emerson Pinheiro

Tenho tantas coisas pra dizer
Tenho tantos versos pra escrever
Fiz uma canção de amor pra cantar pra Ti
Tenho tantas notas pra tocar
Um poema pra Te declarar
Mas sabe, Deus

É, hoje a noite foi fria
O vento tentou me levar, angústia me feriu
A dor mais forte do que eu tentou calar a minha voz
Tentou roubar Tua canção
E sufocar adoração que é só pra Ti e mais ninguém

Eu só queria levantar as minhas mãos e Te adorar
Deixar a lágrima rolar, deixar a lágrima rolar
Eu só queria levantar as minhas mãos e Te adorar
Deixar a lágrima rolar, deixar a lágrima rolar

É, hoje a noite foi fria
O vento tentou me levar, angústia me feriu
A dor mais forte do que eu tentou calar a minha voz
Tentou roubar Tua canção
E sufocar adoração que é só pra Ti e mais ninguém

Eu só queria levantar as minhas mãos e Te adorar
Deixar a lágrima rolar, deixar a lágrima rolar
Eu só queria levantar as minhas mãos e Te adorar
Deixar a lágrima rolar, deixar a lágrima rolar

Eu só queria levantar
Deixar a lágrima rolar (deixar a lágrima rolar)
Deixar a lágrima rolar (deixar a lágrima rolar)
As minhas mãos e Te adorar
Deixar a lágrima rolar (deixar a lágrima rolar)
Deixar a lágrima rolar (deixar a lágrima rolar)

Eu só queria levantar as minhas mãos e Te adorar
Deixar a lágrima rolar, deixar a lágrima rolar
Eu só queria levantar as minhas mãos e Te adorar
Deixar a lágrima rolar, deixar a lágrima rolar

Composição: Emerson Pinheiro / Klênio
Enviada por Duane. Revisão por Sam.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog