Worker's Song

Dropkick Murphys

Original Tradução Original e tradução
Worker's Song

Yeh, this one's for the workers who toil night and day
By hand and by brain to earn your pay
Who for centuries long past for no more than your bread
Have bled for your countries and counted your dead

In the factories and mills, in the shipyards and mines
We've often been told to keep up with the times
For our skills are not needed, they've streamlined the job
And with sliderule and stopwatch our pride they have robbed

[Chorus:]
We're the first ones to starve, we're the first ones to die
The first ones in line for that pie-in-the-sky
And we're always the last when the cream is shared out
For the worker is working when the fat cat's about

And when the sky darkens and the prospect is war
Who's given a gun and then pushed to the fore
And expected to die for the land of our birth
Though we've never owned one lousy handful of earth?

[Chorus x3]

And all of these things the worker has done
From tilling the fields to carrying the gun
We've been yoked to the plough since time first began
And always expected to carry the can

Canção do Trabalhador

Yeh, isso é para os trabalhadores que labutam dia e noite
Com a mão e com o cérebro para ganhar o seu salário
Durante todos esses longos séculos passado para ganhar não mais do que o seu pão
Ter sangrado para seus países e contou seus mortos

Nas fábricas e usinas, nos estaleiros e minas
Nós temos dito muitas vezes para manter-se com os tempos
Para qu nosseas habilidades não sejam necessárias, eles têm simplificado o trabalho
E com sliderule e cronômetro nosso orgulho tem sido roubado

[Refrão]
Nós somos os primeiros a morrer de fome, nós somos os primeiros a morrer
Os primeiros na fila para que "torta-no-céu"
E estamos sempre a última, quando o creme é compartilhado
Para o trabalhador está a trabalhar quando o gato gordo está prestes

E quando o céu escurece e a perspectiva é a guerra
Quem deu uma arma em seguida nos empura para a ribalta
E espera-se morrer pela nossa terra-natal
Embora nós nunca possuiu um punhado miserável de terra?

[Refrão 3x]

E todas essas coisas que o trabalhador tenha feito
De lavrar os campos para carregar a arma
Fomos jugo do arado desde que tudo começou
E sempre prevista para levar na lata

Composição: Ed Pickford
Enviada por Renata e traduzida por Leandro. Revisão por Rayan.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog