Kogoeru Yoru ni Saita Hana

D'espairsRay

Original Tradução Original e tradução
Kogoeru Yoru ni Saita Hana

Furikaeru sono keshiki ni kimi no kage wo sagashiteita...

Yasuragi wo motomesugite kizutsukeau futari
kogoeta kodoku wa sora ni nobori hana wo furaseta

Kuzureteiku yokan no naka tachitsukushite ita
shiroku hikari yasashikatta te no hira de kieta hana no you ni

Yuki ga utau yoru ni kimi wo omou yo
kooritsuita kono heya de
iroaseta kioku wa mabushii kurai
kodoku ni someru...

Tsumotteiku kako ga ima wo tsukuriageru
iyasenai kizu mo machigai janai itsuka ieru kara

Ima wa chigau sora wo miage watatte yukeru hazu
iki wo shiroku someru koro ni yomigaeru kioku kimi wo tsurete

Modosenai jikan wo kuyamanu you ni
ataerareta toki ga ima
azayaka na sekai wo mawaru merry-go-round
kodoku to yurete...

Hana no you ni karete shimatte mo
kimi wo omoi kimi wo kanji kakenukeru kisetsu, mune no naka de...

Yuki ga utau yoru ni kimi wo omou yo
kooritsuita kono heya de
akogareta mirai wo machi nozomu you ni
kodoku wo ikite...

Kogoeru Yoru ni Saita Hana (Tradução)

Olhando pra trás, eu estava procurando por sua sombra nessa paisagem

Exigindo muita tranquilidade, nós machucamos um ao outro
Flores, subindo ao céu frio, foram abatidas por minha congelada solidão

Na minha ruir premonição, eu estava normalmente de pé ainda
A luz branca foi gentil, como a flor que desaparece na minha palma

A neve canta na noite, como recordo-me de você
Congeladas dentro desta sala
Essas memórias passageiras são quase deslumbrante
Estou salpicado com a solidão...

O passado, que foi empilhando até agora está concluído
Esta ferida incurável não é um erro, algum dia eu seria capaz de te dizer

Agora eu levanto meus olhos ao céu insólito, com a expectativa de atravessá-lo
Com você estão memórias, que ressuscitaram no momento em que as nossas respirações serão borradas no branco

Lamento a incapacidade de voltar a esse tempo passado,
Estou condenado ao tempo agora em vez disso
Um turbilhão que gira volta desse mundo vivido
Inquietando minha solidão ...

Mesmo se eu murchar completamente até meu fim como as flores
Eu lembro de você, eu sinto você, as estações sobe em diante, em meu peito ...

A neve canta na noite, como recordo-me de você
Congeladas dentro desta sala
Esperando, na esperança de um futuro que eu tenho esperado tanto
Então esta solidão viverá...

Composição: Karyudo
Enviada por Malcolm e traduzida por Isabela.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog