À nossa volta, muitos estão
Na mais profunda escuridão
Cadeiam sem direção
Caminham pra perdição
Derrama em nós, Senhor
O Teu poder

Urgente à obra
Avante a missão
Pra cada tribo, língua e nação
Devemos nos anunciar
Que o fim as portas está
Derrama em nós, Senhor
O Teu poder

Mas como irão Te conhecer?
Se em nossa vida não se vê
A Tua bondade, o Teu amor
Por isso nós pedimos, Senhor

Derrama o Teu poder
Vem sobre nós descer
Que o mundo possa ver
Que só Tu és Deus

Derrama chuva em nós
Queremos ser Tua voz
Anunciar que há salvação
Ao que crê
Faz chover

Deus chama jovens de decisão
Como os valentes de Gideão
Que desafiem a dor
Não busquem fama ou louvor
Derrama em nós, Senhor
O Teu poder

Mas como irão Te conhecer?
Se em nossa vida não se vê
A Tua bondade, o Teu amor
Por isso nós pedimos, Senhor

Derrama o teu poder
Vem sobre nós descer
Que o mundo possa ver
Que só Tu és Deus

Derrama chuva em nós
Queremos ser tua voz
Anunciar que há salvação
Ao que crê
Faz chover

Derrama a chuva
Sobre nós
(Oh vem, Senhor)
Derramar a chuva
Sobre nós

Derrama o Teu poder
Vem sobre nós descer
Que o mundo possa ver
Que só Tu és Deus

Derrama chuva em nós
Queremos ser Tua voz
Anunciar que há salvação
Ao que crê
Faz chover
Faz chover
Faz chover

Composição: Clênio Abreu
Enviada por Lucas. Revisões por 4 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Coral Universitário do Unasp-EC

Ver todas as músicas de Coral Universitário do Unasp-EC