Saudade de Mim

Conde do Forró

Três e meia da manhã, você mandando áudio
Com a voz enrolada, exagerou no álcool
Falou algumas coisas que não são comuns ouvir de você

Senti sinceridade a cada palavra
Até negar tudo e dizer que tá bem
Que não sente saudade
Para com isso, vai, fala a verdade

Vê se admite que me ama
E tá querendo passar essa noite na minha cama
O áudio eu já salvei, você até pode excluir
E o print da sua tela
É saudade de mim

Vê se admite que me ama
E tá querendo passar essa noite na minha cama
O áudio eu já salvei, você até pode excluir
E o print da sua tela
É saudade de mim

Três e meia da manhã, você mandando áudio
Com a voz enrolada, exagerou no álcool
Falou algumas coisas que não são comuns ouvir de você

Senti sinceridade a cada palavra
Até negar tudo e dizer que tá bem
Que não sente saudade
Para com isso, vai, fala a verdade

Vê se admite que me ama
E tá querendo passar essa noite na minha cama
O áudio eu já salvei, você até pode excluir
E o print da sua tela
É saudade de mim

Vê se admite que me ama
E tá querendo passar essa noite na minha cama
O áudio eu já salvei, você até pode excluir
E o print da sua tela
É saudade de mim

Composição: Lílian Nunes / Mirian Salomão / Léo Mantovani / Welington Daniel
Enviada por pricila. Legendado por Emilly. Revisão por Gilberto.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog